siga-nos | seja fã
PUB
 

Algar e Banco Alimentar Contra a Fome realçam resultados de projeto "trabalhado" por reclusos a favor dos mais necessitados

Algar e Banco Alimentar Contra a Fome realçam resultados de projeto "trabalhado" por reclusos a favor dos mais necessitados
Imprimir Partilhar por email
07-09-2017 - 15:06
Passado ano e meio sobre a assinatura do protocolo de cooperação celebrado entre a Algar e o Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve no âmbito do projeto “Horta Solidária”, ambas as entidades fizeram "um balanço positivo" sobre esta iniciativa.
 
A empresa Algar, relembra em nota de imprensa, que esta ação avançou em Março de 2016 como resultado de uma parceria entre a Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares e o Ministério da Justiça, através da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.
 
O objetivo passa por conceder competências a reclusos dos estabelecimentos prisionais de Faro e Olhão. 
 
Durante a vigência deste protocolo, cerca de 20 homens já passaram pelo projeto, a grande maioria em liberdade condicional e a trabalhar. Equipas compostas, em regra, por quatro homens, realizaram atividades ligadas à produção de hortícolas em agricultura biológica, nos terrenos cedidos pelo Ministério da Agricultura no Patacão, (Faro), cujo resultado permitiu que muitas famílias carenciadas apoiadas pelo Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve passassem a ter acesso a alimentos saudáveis e variados.
 
Para a plantação desses alimentos a Algar, adianta que o Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve tem contado com a cedência do composto Nutriverde® produzido pela Algar a partir da valorização dos resíduos verdes. Um produto 100% natural, amigo do ambiente, que serve de fertilizante orgânico e ou substrato que pode ser usado como fator de produção em agricultura biológica. 
 
Desde março de 2016 que a Algar entregou 26,62 toneladas desse composto. Ao longo de um ano e meio de trabalho foram produzidas 12 toneladas destes alimentos, entretanto distribuídos por instituições de todo o Algarve que, através do Banco Alimentar Contra a Fome, apoiam um total de 18 mil pessoas.
 
A “Horta Solidária” tem-se revelado um projeto extremamente emblemático e significativo, pois para além dos excelentes resultados verificados, tem permitido trabalhar questões importantes como a integração social, a proteção do ambiente e os cuidados nutricionais, neste caso a integração de alimentos mais saudáveis na alimentação de pessoas carenciadas de todo o Algarve.
 
O projeto conta atualmente com mais parceiros que “alimentam" esta ideia, a saber: Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (com a cedência do terreno, água, equipamentos, combustível, mão de obra para o manuseamento dos equipamentos e apoio técnico); Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (EP Olhão e EP Faro com a cedência de reclusos);Câmara Municipal de Loulé (cedência de transporte a escolas que desenvolvem atividades na Horta e transporte de estrume; Câmara Municipal de Faro (cedência de transporte de estrume); Universidade do Algarve (envolvimento de alunos e docentes do curso de agronomia); Federação Portuguesa de Bancos Alimentares (através de protocolos cedência de plantas/sementes, bem como fatores de produção como adubos e a ARS Algarve (promoção de uma alimentação saudável).
 
De referir ainda que no âmbito desta atividade a Algar coopera com diversos projetos locais visando o desenvolvimento da região promovendo com regularidade, campanhas de sensibilização ambiental destinadas à população, pequeno comércio e serviços.
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Dia Internacional do Homem assinalado no Algarve



-

Reabilitação do Centro histórico de Silves com alterações de trânsito



-

Concelho de Loulé apostado em preservar a floresta



-

Mafalda Ribeiro e Paulo Azevedo em Albufeira falam da dignidade da pessoa com deficiência



-

Ministério da Administração Interna alerta para risco de incêndio



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Algarve vê novo hospital por um "canudo"

Algarve vê novo hospital por um "canudo"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dia Internacional do Homem assinalado no Algarve

Dia Internacional do Homem assinalado no Algarve

ver mais
 
Movimentos reafirmam oposição à prospeção de petróleo e gás ao largo da Costa Vicentina

Movimentos reafirmam oposição à prospeção de petróleo e gás ao largo da Costa Vicentina

ver mais
 
Reabilitação do Centro histórico de Silves com alterações de trânsito

Reabilitação do Centro histórico de Silves com alterações de trânsito

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio