siga-nos | seja fã
PUB
 

Luís Camarada

Imprimir Partilhar por email
24-11-2013 - 22:13
Uma figura notável de Vila Real de Santo António, Luís Camarada é conhecido e reconhecido enquanto empresário, locutor e Presidente da Confraria do Atum, três razões para descobrir um homem; um algarvio de sucesso.
 
 
Em jeito de apresentação, Luís Camarada diz que, “ nasci há pouco mais de 50 anos em Vila Real de Santo António. Comecei a trabalhar como empregado de mesa e aos 17 anos emigrei para os Estados Unidos da América. 
 
Voltei 12 anos depois e abri o Restaurante Arenilha do qual ainda hoje sou gerente”. A partir daqui, Luís Manuel Camarada Rodrigues não mais deixou de apostar na terra que o viu nascer, sendo alargada a sua área de acção, uma vez que tem estado sempre na linha da frente na promoção e na divulgação do melhor que se faz e das suas gentes. 
 
Luís Camarada é locutor do programa “Chá para três” emitido pela Rádio Guadiana e, enquanto Presidente da Confraria do Atum, afirma que,”houve um decréscimo no consumo de atum que está praticamente reduzido às conservas. 
 
No entanto os produtos gourmet vão conquistando cada vez mais espaço no mercado mundial e o atum tem características que lhe permite ser transformado em várias especialidades gastronómicas”. 
 
Quanto aos objectivos da Confraria, Luís Camarada salienta que, “é unir esforços e vontades para promover internacionalmente o atum e a cidade” Relativamente à iniciativa da Confraria do Atum, o seu Presidente confessa ser uma ideia antiga, isto porque, “o atum é um produto-bandeira de Vila Real de Santo António. 
 
Durante décadas contribuiu para o desenvolvimento da cidade e da região costeira do levante algarvio. Mas com o assoreamento da barra do Guadiana os barcos dos pescadores começaram a ter dificuldades em navegar e por questões ambientais a espécie deixou de passar pela nossa costa provocando uma diminuição das capturas. 
 
Por outro lado com a deslocalização das indústrias conserveiras, nos anos 60, para o Norte de África o produto perdeu importância em Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António”. 
 
Assim, o principal intuito da Confraria é “ não deixar cair o atum no esquecimento queremos promovê-lo e transformar a nossa cidade na capital gastronómica do atum”. Este é o fio condutor que orienta Luís Camarada nas muitas iniciativas que tem levado a cabo sempre para tentar enaltecer aquilo em que acredita. 
 
O Presidente da Confraria do atum realça que “há um misto de receitas novas e de cozinha de fusão. Em termos gastronómicos são inovações baseadas em receitas antigas como, por exemplo, as sementes de sésamo que acrescentámos ao tradicional tronco de atum frito. São ingredientes inovadores que aliam a sedução aos mais jovens com as apresentações gourmet”. 
 
Luís Camarada deixa o compromisso de “promover a actividade gastronómica no concelho de Vila Real de Santo António e desenvolver o gosto pelo atum e pelos novos produtos derivados e criar a marca… Capital do Atum”. É desta forma que Luís Camarada renova o entusiasmo para manter viva a sua dinâmica empresarial. 
 
Apostado em todos os pormenores, o Presidente da Confraria do atum sublinha que o traje foi feito pelo jovem estilista local Sérgio Monteiro, composto por boina, opa ocre e capa azul de ganga a imitar os trajes dos operários das fábricas de conserva que existiam na cidade, local onde está sediada também a Confraria. 
 
Enquanto empresário, igualmente Luís Camarada é um nome de sucesso, já que bem no “Coração da Cidade”, também se faz notar a excelente gastronomia do Restaurante Arenilha, uma referência vilarealense por muitos testemunhada. 
 
Refira-se que, Luís Camarada é um exemplo de dedicação, de luta e de trabalho que eleva o Algarve em geral e, Vila Real de Santo António em particular. 
 
A título de curiosidade, e para que se compreenda melhor a dinâmica empresarial de Luís Camarada, importa salientar que, o Grupo Coração da Cidade é uma empresa genuinamente Vilarealense datada de 1989, com a abertura da Cafetaria / Pastelaria / Restaurante / Pizzeria “Coração da Cidade”. 
 
Em 1995 foi inaugurado o Restaurante “Churrasqueira Arenilha”, numa casa com arquitectura Pombalina, tornando acolhedor e requintado um lugar tipicamente Vilarealense. 
 
Em 2002 o Grupo adquiriu e reabriu o restaurante “Coração do Marquês”, localizado na Praça Marquês de Pombal, o centro histórico de Vila Real de Santo António. 
 
Em 2001, abriu a Hospedaria “Coração da Cidade”, que é mais um recurso na diversificação de serviços e uma imagem de qualidade. 
 
A empresa que há quase duas décadas presta um leque cada vez mais diversificado de serviços de qualidade na área da hotelaria e da restauração, em 2004 abriu uma Fábrica de Pastelaria e Panificação "O Coração Doce", marcando assim uma referência a nível industrial. 
 
Refira-se que, o grupo tem procurado sistematicamente a inovação e diversificação de actividades, focalizadas na satisfação do cliente sendo um reflexo do percurso profissional deste algarvio notável que investiu nas suas gentes e talentos. 
 
(Actualização:06-04-11)
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Jorge Roque



-

Miguel Drago



-

Filipe Santos



-

Manuel Cabanas



-

António Aleixo



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Algarve vê novo hospital por um "canudo"

Algarve vê novo hospital por um "canudo"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Farense é a única equipa algarvia na Taça de Portugal

Farense é a única equipa algarvia na Taça de Portugal

ver mais
 
São Brás de Alportel adere à Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites

São Brás de Alportel adere à Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites

ver mais
 
“Dias da Inovação e Partilha Pedagógica” na UAlg

“Dias da Inovação e Partilha Pedagógica” na UAlg

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio