siga-nos | seja fã
PUB
 

«O Natal é sempre que o homem quiser»

«O Natal é sempre que o homem quiser»
Imprimir Partilhar por email
15-12-2014 - 10:26
Com a aproximação do Natal a passos largos, ou melhor, da noite de 24 de Dezembro, é muita a reflexão que se faz por estes dias.
 
A decoração de Natal começa cada vez mais cedo um pouco por todo o lado, a ponto de se «esquecer» as demais tradições. Que o diga o S. Martinho, que tem sido tão castigado nestes últimos anos da era consumista…
 
Mas será que, esta antecipação das comemorações e do espírito de Natal se deve à necessidade de celebrar esta quadra todos os dias do ano?
 
Provavelmente todos sabem responder a esta questão… de todo que não!
 
Interesses económicos, a necessidade de ganhar ou de encaixar dinheiro empatado ao longo do ano, a intenção de persuadir as pessoas para o consumo e daí por diante, continuam a ser mesmo a base de toda essa publicidade e alertas para o Natal.
 
Por muito que se deseje tornar o espírito natalício como uma bandeira para todo o ano, na realidade a ânsia pelo dinheiro continua a não deixar espaço para esses valores há tantos anos lamentados.
 
Continuamos, ano após ano, a não conseguir lutar contra a massiva pressão social e comercial que a quadra encerra. Mantemos o padrão de ter de andar a fazer contas à pressa para não deixar alguém sem um presente porque «parece mal», porque «vão falar mal de mim», porque «tem sido assim» e não se consegue dar lugar a um novo entendimento da quadra.
 
Muitos de nós certamente que gostaríamos de entender o Natal como uma noite para a família, para estar em conjunto, para unir aqueles que, ao longo do ano se mantiveram por perto e com laços afectivos, no fundo aqueles que são uma referência para as nossas vidas, aqueles que, dentro das suas diferenças, dão sentido à família e aos sentimentos que nos constituem. 
 
Mas, aos poucos, tem-se transformado a quadra dos jantares de amigos, do dinheiro que não se tem para impressionar sabe-se lá quem, a época das frustrações por se ver o luxo e não lhe poder chegar, a quadra que nos torna mais sensíveis, mais capazes de fazer promessas para o ano seguinte, mas também a época do ano que se quer esquecer por nos dar tantas tristezas…
 
É no Natal que se repara que há pessoas carenciadas, que há crianças sem família, sem amor, sem o essencial para a vida. É na quadra natalícia que se recorda quem está longe, quem está doente, quem sofre, quem não tem direito de sonhar porque a sociedade e o sistema já lhe retirou essa capacidade.
 
 É também no Natal que a música nos faz tocar o coração, porque sabemos que, ao longo do ano fugimos dos sentimentos, da reflexão, pois temos uma agenda apertada e, não temos tempo para pensar nisso. É quando as lojas se fecham que se respira de alívio por não se gastar mais, mas também quando paramos, escutamos, olhamos, e vemos muito pouco para além do muito que se gasta, que se desperdiça numa quadra do ano. 
 
É nesse momento que, muitos de nós lamentamos a sociedade que todos construímos diariamente, mas no fundo, estamos sempre com ansiedade, com vontade que tudo termine, que se despeçam as famílias, para podermos chorar à vontade no silêncio das nossas lamentações. É no dia seguinte à festa que se afastam as promessas, porque «afinal não sou eu que vou mudar o mundo» e que se luta para virar a página, pois «para o ano há mais e, logo se vê se consigo fazer a diferença».
 
No fundo, lutamos o ano inteiro contra o Natal, mas gostaríamos de o celebrar todo o ano…
 
AP
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Melhore a sua personalidade e agarre a vida com confiança!



-

A dieta “infalível” para este verão!



-

Precisa de um “jeitinho”? Conheça outros hábitos (muito) portugueses!



-

Para avançar, é preciso “virar a página”!



-

Aprenda “a ser importante” para os outros



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Algarve vê novo hospital por um "canudo"

Algarve vê novo hospital por um "canudo"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Farense é a única equipa algarvia na Taça de Portugal

Farense é a única equipa algarvia na Taça de Portugal

ver mais
 
São Brás de Alportel adere à Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites

São Brás de Alportel adere à Semana Europeia do Teste VIH-Hepatites

ver mais
 
“Dias da Inovação e Partilha Pedagógica” na UAlg

“Dias da Inovação e Partilha Pedagógica” na UAlg

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio