siga-nos | seja fã
PUB
 

PS Algarve diz que hospitais da região "estão ainda a sofrer efeitos da política de direita"

PS Algarve diz que hospitais da região "estão ainda a sofrer efeitos da política de direita"
Imprimir Partilhar por email
11-07-2017 - 11:25
"Fruto das opções do Governo PSD / CDS-PP os problemas agudizaram-se" dizem os socialistas.
 
O PS Algarve reconhece que a região sempre teve um problema histórico de falta de médicos, nomeadamente nalgumas especialidades clínicas mas nos últimos quatro anos e meio, a política da Governação PSD / CDS-PP veio agravar ainda mais a situação com cortes salariais, cortes nas horas extraordinárias e o aumento da conflitualidade laboral que levou muitos médicos, designadamente os mais experientes, a abandonarem o Centro Hospitalar do Algarve por outras unidades de saúde do próprio SNS e pela actividade privada que na região cresceu de forma exponencial.
 
À dificuldade em atrair novos médicos juntou-se a vontade de sair de muitos dos que aqui trabalhavam perante a inépcia do Governo de Direita, explica nota do PS, recordando "que a sangria de recursos humanos" levou à perda da idoneidade formativa, na cirurgia geral e na ortopedia, criando ainda maiores dificuldades na fixação de novos profissionais. 
 
Os concursos, ciclicamente abertos pela Administração Regional de Saúde do Algarve, ficavam invariavelmente desertos, sem que qualquer médico quisesse vir trabalhar para o sul do país tanto nas unidades hospitalares como nos cuidados de saúde primários onde a taxa de utentes sem médico de família chegou a atingir os 70 % nalguns concelhos do barlavento algarvio.
 
Fruto das opções do Governo PSD / CDS-PP os problemas agudizaram-se e as dificuldades agravaram-se não sendo humanamente possível reverter num dia o que foi desmantelado e destruído durante quatro anos e meio, defende o Partido Socialista Algarvio, que diz ter "a consciência do esforço que os médicos, enfermeiros e todos os profissionais de saúde fazem diariamente para servir os algarvios e todos os que nos visitam". 
 
Ainda assim o PS Algarve diz acreditar, que o novo modelo de gestão hospitalar, o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, conferindo maior autonomia de gestão operacional e clinica a cada um dos pólos hospitalares virá colmatar algumas das dificuldades que hoje ainda existem, "sendo necessários vários anos para repor a qualidade do Serviço Nacional de Saúde aos níveis que desejamos e que os Algarvios merecem".
 
A mesma nota, salienta que não é aceitável, "que o PSD diga que há falta de profissionais de saúde, quando foram os mesmos que empurraram os médicos para fora dos hospitais do Algarve, para fora do Serviço Nacional de Saúde engrandecendo a capacidade de resposta dos hospitais privados na nossa região".
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Orçamento Participativo no Município de Faro vai ser uma realidade



-

JS Algarve com caras novas após eleições



-

Bloco de Faro convida Louçã a debater revolução russa



-

Algarve vê novo hospital por um "canudo"



-

Vereadores socialistas propõem Orçamento Participativo em Faro



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Chuva poderá chegar ao Algarve esta semana

Chuva poderá chegar ao Algarve esta semana

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Teatro das Figuras recebe versão contemporânea de “O Lago dos Cisnes”

Teatro das Figuras recebe versão contemporânea de “O Lago dos Cisnes”

ver mais
 
GNR de Lagoa recebe do Município duas scooters

GNR de Lagoa recebe do Município duas scooters

ver mais
 
Proteção Civil de Portimão volta a ‘preparar’ escolas para situações de emergência

Proteção Civil de Portimão volta a ‘preparar’ escolas para situações de emergência

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio