siga-nos | seja fã
PUB
 

Vamos cuidar da saúde oral!

Vamos cuidar da saúde oral!
Imprimir Partilhar por email
21-03-2016 - 10:45
No âmbito da celebração do Dia Mundial da Saúde Oral, nunca é demais abordar um assunto que deve estar presente diariamente e em todas as idades.
 
O descuido com a saúde oral continua a ser um problema real e que precisa de ser combatido.
 
Segundo um estudo recente, cerca de 60 a 90% das crianças em idade escolar sofrem de cáries dentárias, um problema que atinge quase todos os adultos.
 
O mesmo trabalho levado a cabo pela Organização Mundial de Saúde divulgado pela organização 'Mundo a Sorrir', dá conta de que, as cáries dentárias são a "doença não contagiosa mais comum no mundo".
 
O estudo realça ainda que, mundialmente, 30% das pessoas entre os 65 e os 74 anos já não possui dentes naturais.
 
Entre os fatores de risco para as cáries dentárias e doenças orais estão "uma dieta pouco saudável, o tabagismo, o abuso do álcool e uma fraca higiene oral, bem como desigualdades sociais", afirma Miguel Pavão, fundador da 'Mundo a Sorrir', citado num comunicado da organização.
 
A escovagem dentária com pastas fluoretadas é, segundo o especialista, a forma mais eficaz e económica de prevenir a cárie dentária, mas "é preciso que os cuidados de saúde oral cheguem a todas as pessoas, o que ainda está longe de acontecer".
 
No âmbito do Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral (PNSO), desenvolvido em Portugal, é de assinalar que, desde o início deste mês que os cheques-dentista abrangem também jovens de 18 anos que já tinham beneficiado deste apoio e que tinham concluído o plano de tratamentos aos 16 anos.
 
Esta continuidade tem em vista prosseguir os tratamentos e, em muitos casos, corrigir ou evitar problemas.
 
Este alargamento do PNSO passou também a abranger os infetados com VIH/sida que já não faziam tratamentos há mais de dois anos, sendo-lhes atribuídos dois cheques-dentista para um ciclo de tratamentos.
 
As crianças e jovens portadores de deficiência que precisam de sedação para tratar dos dentes passaram igualmente a ter acesso a cheques-dentista, podendo ser tratados nos serviços de estomatologia dos hospitais.
 
Desta forma, os cheque-dentista chegam a crianças de 7, 10, 13 e 15 anos que frequentem as escolas públicas, idosos com complemento solidário, grávidas e portadores de VIH.
 
Segundo o mesmo comunicado, o programa dos cheques-dentista existe desde 2008 e contabiliza um total de mais de 3,6 milhões de cheques, abrangendo 2,2 milhões de pessoas. A taxa de utilização destes cheques tem tido uma média de 74%.
 
Como nunca é demais realçar, os dentes devem ser escovados após as refeições, a lavagem deve ser o mais minuciosa possível para garantir que a escova chegou a todos os ângulos da boca. A língua também deve ser suavemente escovada. A alimentação deve ser equilibrada e todos os comportamentos de risco evitados, não só para prevenir doenças, como para manter dentes saudáveis e bonitos, pois um sorriso, “vale por mil palavras!”
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Saúde mental e a importância das carícias emocionais



-

Psicólogos comprovam:cozinhar faz bem à saúde mental



-

O stress “faz” engordar



-

As crianças e jovens continuam a ingerir sal em excesso



-

Septoplastia – Cirurgia de Desvio do Septo



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Chuva poderá chegar ao Algarve esta semana

Chuva poderá chegar ao Algarve esta semana

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Pela quinta vez Castro Marim distingue-se como "Autarquia + Familiarmente Responsável"

Pela quinta vez Castro Marim distingue-se como "Autarquia + Familiarmente Responsável"

ver mais
 
1ª edição do Luza Festival em Loulé promete ser referência internacional

1ª edição do Luza Festival em Loulé promete ser referência internacional

ver mais
 
Vila Real de Stº António volta a estar em destaque no desporto

Vila Real de Stº António volta a estar em destaque no desporto

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio