Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Portimão estende programa de Desfibrilhação Automática Externa a Forças de Segurança Pública

Portimão estende programa de Desfibrilhação Automática Externa a Forças de Segurança Pública
Imprimir Partilhar por email
15-04-2019 - 22:19
O Serviço Municipal de Proteção Civil arrancou, na passada quarta-feira, 10 de abril, com a formação de operacionais das três forças de segurança existentes no concelho. No total, serão formados mais de 200 elementos, confirmou hoje a autarquia de Portimão em comunicado.
 
Desde 2016, que o Serviço Municipal de Proteção Civil de Portimão tem implementado um programa próprio de Desfibrilhação Automática Externa (DAE), assegurando aos técnicos e voluntários por si formados autonomia na sua utilização, garantindo atualmente a presença de um desfibrilhador em todos os eventos relevantes promovidos no concelho. 
 
Através desta parceria, com os Bombeiros de Portimão, enquanto entidade formadora acreditada pelo INEM, o número de pessoas aptas a utilizar de forma autónoma um aparelho DAE no concelho já ultrapassou os 250 operacionais, entre bombeiros e técnicos que desempenham funções nas áreas da cultura e desporto do município de Portimão, realça o mesmo comunicado.
 
No âmbito do Plano de Atividades da Proteção Civil Municipal em curso para 2019, este projeto vai agora ampliar-se a mais duas vertentes, com a instalação de seis DAE de uso comunitário em locais estratégicos nas três freguesias do concelho (Praia da Rocha, Zonas Ribeirinhas de Alvor e Portimão, Alameda da República, Praça 1.º Maio e Mexilhoeira Grande) e a atribuição de quatro aparelhos DAE aos piquetes das forças de segurança do concelho designadamente a Polícia de Segurança Pública, a Guarda Nacional Republicana e a Autoridade Marítima Nacional.
 
Na passada quarta-feira, 10 de abril, arrancou a formação dos operacionais das forças de segurança, com uma primeira ação envolvendo militares da GNR e agentes da PSP. No total, serão formados mais de 200 elementos destas três forças de segurança existentes no concelho.
 
Segue-se a formação dos funcionários das Juntas de Freguesia de Portimão, Alvor e Mexilhoeira Grande, e de voluntários nas áreas de influência dos DAE que serão instalados na via pública permitindo, desta forma, o pleno funcionamento destes equipamentos cuja função é salvar vidas.
 
Com este investimento da autarquia, que já ascendeu aos 28 mil euros, pretende-se inverter os dados conhecidos a nível nacional: em Portugal, ocorrem por ano, mais de 10.000 casos de morte súbita de causa cardíaca e, em caso de paragem cardiorrespiratória (PCR) todo o tempo conta, em 57% das paragens cardiorrespiratórias registadas não são realizadas manobras de reanimação, e existe apenas um DAE por cada 10.000 habitantes, pelo que só 3% das pessoas que sofrem um PCR em ambiente pré-hospitalar (fora do ambiente hospitalar) sobrevivem.
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

VRSA:Homem detido por roubos na via pública



-

Estudantes do Instituto Piaget de Silves ensinam anatomia humana a alunos do 1ºCiclo



-

"Grande Bandeira da Liberdade" foi apresentada em Castro Marim



-

Albufeira prepara-se para receber cerca de 20 mil motociclistas



-

XXX Mostra coletiva de Artes Plásticas do concelho de Loulé decorre no CECAL



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Saiba onde é mais caro comprar casa no Algarve

Saiba onde é mais caro comprar casa no Algarve

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
VRSA:Homem detido por roubos na via pública

VRSA:Homem detido por roubos na via pública

ver mais
 
Estudantes do Instituto Piaget de Silves ensinam anatomia humana a alunos do 1ºCiclo

Estudantes do Instituto Piaget de Silves ensinam anatomia humana a alunos do 1ºCiclo

ver mais
 
"Grande Bandeira da Liberdade" foi apresentada em Castro Marim

"Grande Bandeira da Liberdade" foi apresentada em Castro Marim

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio