Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
12 regras “de ouro” para melhorar a sua saúde mental
Imprimir Partilhar por email
Vamos melhorar a nossa saúde mental já a partir de hoje?
 
Siga estes simples, mas muito úteis conselhos e note uma melhoria significativa dia após dia.
 
1 – Cuide da sua aparência e da forma como anda.
 
Um ponto central para a melhoria da auto-estima e do bem-estar é cuidar de si, vestir-se de forma adequada, mudar de roupa diariamente e cuidar da sua higiene pessoal. Outro ponto não menos importante é a forma como caminha.
 
Uma pesquisa publicada no Journal of Behavior Therapy and Experimental Psychiatry revelou que andar com os ombros caídos, sem movimentar os braços, afeta o nosso humor negativamente – além disso, quem anda de cabeça baixa e ombros caídos é visto pelas outras pessoas como alguém negativo. Para melhorar a situação, lembre-se de andar sempre com a cabeça e com os ombros erguidos. Para ajudar, aposte diariamente na sua aparência e goste de se ver ao espelho.
 
2 – Tem o vício de andar sempre a fotografar? É tempo de mudar esse comportamento!
 
Andar sempre a tirar fotografias e a publicá-las reduz a nossa capacidade de memória.
 
Um grupo de voluntários demonstrou que, numa visita a um museu, tirar fotos a tudo, faz com que o visitante mal se recorde do que viu, enquanto que, os que se concentram na visita, recordam os locais por onde passaram e as peças que viram. Quer isto dizer que, “As lentes são um véu na frente dos nossos olhos e nós não percebemos que o véu está ali”, disse Diedra L. Clay, uma das responsáveis por este estudo.
 
A partir de hoje, fotografe apenas o essencial e desfrute da vida e dos momentos com outro sentido; o do prazer de estar e de apreciar.
 
3 – Não permita que o diminuam
 
O bullying é uma dificuldade pela qual a maioria das pessoas passa – geralmente durante a infância e a adolescência. O problema é que nem sempre a fase adulta é livre desse pesadelo ou das suas consequências. Nos EUA, 54 milhões de adultos sofrem algum tipo de bullying no ambiente de trabalho.
Sempre que possível, “atire o mau ambiente ao alto” e procure lugares onde se possa sentir bem e confortável. Se necessário, mude de emprego ou de grupo, mas faça-se rodear por boas pessoas, por gente com interesses e valores comuns.
 
4 – Reserve 30 minutos diários para praticar exercício físico
 
Não tem de ir ao ginásio. Pode optar por uma caminhada em contacto com a natureza, pode fazer na sala de estar da sua casa alguns exercícios que acelerem os batimentos cardíacos e que lhe permitam descontrair no final do dia. Está provado que, desde que não seja atividade de alta competição, é positivo fazer exercício no final do dia para dormir melhor, já que a mente e o corpo estão relaxados. Ao comer nos 45 minutos seguintes, verá como se vai sentir muito bem e como o seu organismo queima mais facilmente as calorias da refeição.
 
5 – Pare de reclamar e “coloque as mãos na massa”!
 
Procrastinar é deixar para depois, é enrolar e arrastar aquilo que precisa de ser feito. Quanto mais depressa colocar as mãos na massa e se afastar da preguiça, mais depressa se vai sentir livre dessa tarefa ou preocupação. Não arraste os problemas com a barriga, procure uma solução e concretize-a. Se se enganar, tente de outra forma, mas faça, não alimente pensamentos que só o desgastam e que não resolvem os problemas!
 
6 – Melhore a qualidade dos seus relacionamentos
 
Seja no campo das amizades ou dos relacionamentos amorosos, aprenda a manter relações que não sejam tóxicas. Temos de nos afastar de pessoas que nos ofendem de alguma forma, que nos agridem ou maltratam. Temos de exigir respeito em troca dele, por isso, selecione muito bem as pessoas com quem se relaciona, mesmo na família, para evitar andar triste, desiludido e deprimido.
 
7 – Não leve a vida tão a sério
 
Pense por instantes naquele tipo de pessoa que funciona como um robô. Nunca se atrasa, não sorri, não descontrai, diz sempre o que pensa ser correto, analisa tudo até ao mínimo detalhe. Será que consegue ser feliz levando a vida tão a sério? É claro que não”! Temos de descontrair, sorrir, manter o bom humor e erguer a cabeça diariamente. Isso ajuda-nos a cultivar pensamentos positivos, a sermos mais agradáveis aos outros e a encarar a vida com mais felicidade. A vida é maravilhosa e temos é de tirar partido de cada situação e ver cada desafio como uma oportunidade para aprendermos mais e sermos melhores. Lide bem com os erros, pois estes são um direito de quem aprende e ninguém lhe exige que seja perfeito, mas que cumpra os requisitos mínimos de boa convivência social. Exija com moderação e verá que se consegue surpreender.
 
8 – Dormir bem é fundamental
 
Uma boa noite de sono vai ajudá-lo a ter bom humor, a estar mais bem disposto, com energia e mais saúde física e mental. Dormir sempre à mesma hora, sem ruídos, sem tecnologias por perto, vai fazer uma enorme diferença na sua qualidade de vida.
 
9 – Ficar sozinho faz bem
 
Ter um tempo só para si é fundamental para a sua saúde mental. Durante alguns minutos do seu dia, faça um esforço para ficar sozinho, relaxando. Ouça o seu inconsciente e encontre novas formas de lidar com as situações e de ser mais criativo.
 
10 – Troque as redes sociais por momentos presenciais ao ar livre ou num espaço agradável
 
Cada vez é mais uma realidade que, são poucos os benefícios das redes sociais para o ser humano, pois para além de gerarem muitos sentimentos negativos, provocam muito stress e ansiedade pela espera da resposta imediata. Ao mesmo tempo, está provado que, a maior parte das pessoas entra nessas redes para descarregar a sua negatividade e sentimentos de revolta, o que acaba por ser uma má influência para os demais. Opte por estar com as pessoas pessoalmente, por receber as suas energias e emoções, por partilhar e por se mostrar tal como é. Lembre-se que, nas redes apenas se publica aquilo que os outros querem ver pelo que, há uma boa parte de nós que não interage e não se mostra, para além de sermos apreciados por quem gosta e não gosta de nós. Procure companhias agradáveis e passe bons momentos, nem que seja no meio de desconhecidos numa esplanada.
 
11 – Abdique do telemóvel num tempo determinado por dia
 
Não faz bem à saúde depender das tecnologias a ponto de não conseguirmos “viver” sem elas. Uma boa forma de se sentir livre e feliz é abdicar do telefone e do computador em alguns momentos por dia e apreciar outras coisas. Desligue os monitores quando está em família, quando está a caminhar, na hora das refeições e verá que, aos poucos, deixou de depender das tecnologias para além do trabalho e de alguns momentos de lazer em que atualiza os seus contactos pessoais ou mantem ligação com um amigo que está distante.
 
12 – Não programe duas situações para a mesma hora
 
Temos uma enorme tendência para fazer duas coisas ao mesmo tempo, como trabalhar e almoçar ao mesmo tempo, dormir com o telemóvel na mesa de cabeceira, ver TV e jogar ao mesmo tempo e daí por diante. Se quer ter saúde mental, tem mesmo de aprender a organizar melhor o seu quotidiano e fazer uma coisa de cada vez. Não marcar dois encontros à mesma hora ou sem o tempo necessário para ir de um para o outro, sob pena de entrar em stress e de não tirar partido nem de uma situação nem de outra. Use uma agenda onde possa anotar aquilo de que necessita e o que tem para fazer e rascunhe os horários mais adequados de forma pensada e organizada.
 
Acredite que, a sua vida vai mudar profundamente com estes truques, boa sorte!
 
Fátima Fernandes
 
COMENTÁRIOS
 
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Homem atacado por cão na Praia de Faro

Homem atacado por cão na Praia de Faro

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Concerto inédito em Querença

Concerto inédito em Querença

ver mais
 
Bloco de Esquerda pede Declaração de Estado de Emergência Climática no Município de Faro

Bloco de Esquerda pede Declaração de Estado de Emergência Climática no Município de Faro

ver mais
 
Serviço Municipal de Proteção Civil de Albufeira sensibilizou cerca de 10 mil pessoas sobre os perigos das arribas

Serviço Municipal de Proteção Civil de Albufeira sensibilizou cerca de 10 mil pessoas sobre os perigos das arribas

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio