Curiosidades
Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida
Cada vez se fala mais na vida agitada, na falta de tempo, nas dificuldades em manter uma vida familiar estável precisamente por essa falta de tempo, bem como na necessidade de fazer horas extra para ganhar mais algum dinheiro, mas será esse o único motivo para estar tão “dedicado” ao mundo profissional?

 
Para todas as regras, há exceções, mas um novo estudo vem mostrar o que se passa em muitas empresas e, como é que o tempo é bem aproveitado por muitos dos seus colaboradores, que até fazem horas extraordinárias sem qualquer remuneração!
 
Uma plataforma digital fez o levantamento das “atividades” extra profissionais dos seus colaboradores e percebeu que, “há sexo entre colegas de trabalho”.
 
O estudo foi realizado pela plataforma Yellow Octupus através de uma sondagem que envolveu mil pessoas. 
 
O objetivo era aferir os hábitos dos colaboradores em ambiente de trabalho, especialmente aqueles que ninguém quer que se saiba.
 
As conclusões mostram uma realidade “secreta” que pode dar azo a muitas respostas, já que 11% diz que já fez sexo com um colega no local de trabalho (4% com uma pessoa externa à empresa). 
 
A mesma sondagem revela que, 82% das mulheres diz que teve relações sexuais, 42% sexo oral e 30% masturbação com um parceiro.
 
No plano masculino, 67% refere ter tido sexo, 62% sexo oral e 30% masturbação com um parceiro.
 
Os inquiridos disseram quando é que acontecem estas atividades extra-profissionais. 72% assumiu que é depois do turno de trabalho, 36% mencionou que é durante o turno de trabalho e 17% adiantou que é antes do turno de trabalho.
 
Não é caso para controlar todos os passos da pessoa amada, mas vale a pena pensar no muito tempo que “se perde” diariamente no trabalho e, se realmente “compensa” quando se quer ter uma vida familiar estável! É tudo uma questão de opção, ainda que, muitos envolvidos neste tipo de prática assuma que, faz bem “desligar” um pouco do trabalho e do mundo em seu redor.
 
Fátima Fernandes