siga-nos | seja fã
PUB
 

Algarve é o primeiro grande teste para estrelas internacionais do ciclismo

Algarve é o primeiro grande teste para estrelas internacionais do ciclismo
Imprimir Partilhar por email
12-02-2018 - 16:59
A 44.ª Volta ao Algarve, que irá realizar-se entre quarta-feira e domingo, será o primeiro grande teste da nova temporada para muitas estrelas do ciclismo mundial.
 
O australiano Richie Porte, cehefe-de-fila da BMC Racing Team para a Volta a França e vencedor da Volta ao Algarve em 2012, é um dos corredores que encara a corrida portuguesa com expectativa. "Estou ansioso para voltar a competir. Como venho de correr na Austrália e esta é minha primeira corrida na Europa, quero ter alguns bons dias de competição nas pernas e adaptar o organismo às temperaturas europeias. Temos uma equipa forte e poderemos jogar várias cartas em diferentes etapas”, avisa Richie Porte.
 
Uma dessas “cartas” é Tejay van Garderen, que terá na Volta ao Algarve a primeira prova de 2018. “A preparação de inverno foi muito boa. Estou muito motivado para começar em força a nova temporada. O Richie Porte será o líder para a corrida, mas estando ambos em forma podemos jogar com isso. Já corri esta Volta cinco vezes e terminei no pódio em 2011. Portanto, sei bem com o que contar”, diz o lugar-tenente de Porte na BMC.
 
A lista de adversários da equipa sediada nos Estados Unidos é alargada e alguns também já avisaram que não estarão em Portugal apenas para somar quilómetros. O galês Geraint Thomas (Team Sky), vencedor da Volta ao Algarve em 2015 e em 2016, está neste lote. “Estou a começar a época de forma mais lenta do que no passado, mas senti-me num momento de forma decente durante os treinos. Vou ao Algarve para lutar pelo melhor resultado possível”, confessa o corredor que irá partilhar o comando da Sky com o polaco Michal Kwiatkowski, vencedor da Volta ao Algarve em 2014.
 
“Tenho boas memórias desta corrida, que é um bom evento. Há dois duas duros e um contrarrelógio, pelo que é uma boa maneira de começar a época. O clima, geralmente, é muito bom. Kwiatkowski também estará presente, espero que estejamos em boa forma para fazer algo”, conclui Geraint Thomas.
 
O campeão luxemburguês de fundo, Bob Jungels (Quick-Step Floors), vai estrar-se na Volta ao Algarve, mas tem um currículo de respeito, que inclui dois top 10 no Giro de Itália. No ano em que troca a corrida transalpina pela chefia da Quick-Step Floors no Tour, escolheu a Volta ao Algarve para o primeiro grande teste do ano.
 
“Vai ser a minha primeira vez na Volta ao Algarve, mas não participo apenas com o objetivo de ganhar forma. Vou aproveitar todas as oportunidades. Sinto-me bem e olhando para o percurso acho que é uma corrida que me assenta bem. Ainda não sei se poderei lutar pela classificação geral, porque estamos numa fase muito precoce da temporada. No entanto, tendo em conta o que fiz em Múrcia, a minha forma é boa e isso é o mais importante”, exclama Bob Jungels.
 
Os diretores desportivos sabem que a Volta ao Algarve é perfeita para que os seus principais corredores afinem pormenores para enfrentar os principais objetivos do ano. Foi por isso que a BMC Racing Team decidiu regressar à corrida portuguesa, após cinco anos de ausência. “É uma boa corrida para avaliar a forma dos ciclistas no início da temporada. Apresentamo-nos com uma equipa forte, que inclui o ex-vencedor Richie Porte, e Tejay van Garderen. Será a primeira prova de Richie após as corridas australianas e o arranque de época para Tejay, que vem de um estágio em altitude. É a corrida perfeita para preparar o Paris-Nice e o Tirreno-Adriático e para testar a condição dos corredores”, explica o diretor desportivo, Fabio Baldato.
 
“Após a segunda etapa, com a chegada à Fóia, já teremos uma ideia de como a corrida estará a desenrolar-se. A partir daí vamos encarar as coisas dia a dia”, anuncia o responsável técnico pela BMC Racing Team.
 
A Volta ao Algarve terá transmissão em direto em 120 países de todos os continentes, podendo ser vista em Portugal através da TVI24 e da Eurosport 2. O grande nível desportivo faz da Volta ao Algarve um dos melhores eventos desportivos organizados em Portugal, estando acreditados mais de cem profissionais de comunicação para cobrir a edição de 2018.
 
Etapas
14 de fevereiro: 1.ª Etapa: Albufeira – Lagos, 192,6 km
15 de fevereiro: 2.ª Etapa: Sagres – Fóia (Monchique), 187,9 km
16 de fevereiro: 3.ª Etapa: Lagoa – Lagoa, 20,3 km (CRI)
17 de fevereiro: 4.ª Etapa: Almodôvar – Tavira, 199,2 km
18 de fevereiro: 5.ª Etapa: Faro – Malhão (Loulé), 173,5 km
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Desporto olhanense "brilhou" no último fim de semana



-

Pavilhão Municipal de Tavira recebe I Encontro Nacional de Andebol para a Deficiência Intelectual



-

Corta – Mato Nacional do Desporto Escolar decorre em Albufeira



-

FARO:Secretário de Estado da Juventude e Desporto presente na 1º Gala dos Campões de Petanca



-

FARO:Altimetria Associação Desportiva apresenta equipa de BTT



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Ministro da Administração Interna de visita a Portimão

Ministro da Administração Interna de visita a Portimão

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Francês socorrido em Ferragudo após queda em rocha

Francês socorrido em Ferragudo após queda em rocha

ver mais
 
Portimão destacado como "exemplo nacional” em matéria de proteção civil e socorro

Portimão destacado como "exemplo nacional” em matéria de proteção civil e socorro

ver mais
 
Albufeira nomeada melhor autarquia nos Publituris Portugal Trade Awards

Albufeira nomeada melhor autarquia nos Publituris Portugal Trade Awards

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio