Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Apenas 5 truques para viver mais livre e feliz
Imprimir Partilhar por email
Pode parecer estranho, mas a melhor forma de nos sentirmos livres e felizes é através do conhecimento e da responsabilização pelos nossos atos.
 
Quer isto dizer que, quando não sabemos alguma coisa, devemos procurar esclarecer-nos para podermos responder melhor ao que nos é exigido e, quando vislumbramos as consequências dos nossos atos, evitamos arriscar naquilo que não nos dá segurança e garantias de um retorno positivo.
 
Partindo desta base, é fundamental ter em conta:
 
1.A importância de nos responsabilizarmos pelo que dizemos e fazemos, sabendo que as escolhas são nossas e que nós é que teremos de responder por elas em todas e quaisquer circunstâncias. A ideia de que “quem vem atrás fecha a porta”, já deu provas de não dar bons resultados, por isso, é tempo de ser mais realista.
 
2.Assumir-se tal como é ajuda a orientar os nossos pensamentos e comportamentos para a linha que pretendemos. Se me assumir com determinadas características, certamente que terei mais facilidade em procurar alvos para as minhas escolhas e de ser melhor aceite.
 
3.Perceber que os nossos comportamentos influenciam os demais é outro ponto essencial para sermos mais ponderados e medirmos as consequências daquilo que fazemos. Se poluir o mar e a praia, certamente que estou a prejudicar-me e a reduzir a qualidade de vida naquele espaço, pelo que, para além de ser responsável pelos meus atos na vida pessoal, devo pensar de forma mais alargada no meu comportamento social.
 
4.Não tente fazer de conta que não sabe o que faz e quais as consequências das suas atitudes, já que isso é uma prisão diária. Alguém que vê a realidade e que faz de conta que não é assim, está a sofrer muito mais do que quando encara, assume, aceita e procura resolver o que é possível melhorar.
 
5.Desenvolver a capacidade de prever os acontecimentos, é outra potencialidade que nos surge à medida em que vamos dispondo de mais conhecimento. Em cada etapa, somos capazes de agarrar naquilo que já aprendemos e de tentar de outra forma, sabendo que a base é segura e que vai ao encontro dos nossos valores. Desenvolvemos a capacidade de medir as consequências dos nossos atos e, naturalmente conseguimos prever aquilo que vai acontecer se agirmos de uma determinada forma. Nesse sentido, não podemos alimentar a ilusão de que ocorrerá “um milagre” que vá transformar essa realidade, mas sim que nós acautelamos os prós e os contras das nossas atitudes. Qualquer pessoa que vá fumar ou foguear para uma floresta sabe perfeitamente que se está a colocar em perigo e ao espaço envolvente, pelo que se deverá acautelar não tendo esse comportamento de risco. O exemplo estende-se a tudo em nosso redor, sem esquecer a nossa saúde e bem-estar.
 
Comportamentos mais conscientes são geradores de mais liberdade e felicidade, basta que reservemos um tempo para pensar antes de agir e, percebemos que a nossa vida se torna mais leve e mais fácil. Boa sorte!
 
Fátima Fernandes
 
COMENTÁRIOS
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(86725)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(36577)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(17199)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13160)

Não podemos viver sem amor

(11641)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10212)

A mentira: um mal necessário

(8778)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(8582)

Idade não traduz maturidade

(8290)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(7864)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(7820)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(7052)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5343)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5333)

É Demissexual?

(5025)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(4994)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(4794)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4407)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4353)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4310)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(4307)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4154)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(4149)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4133)

A “ciência” do aperto de mão

(4103)

O poder das ervas aromáticas

(4085)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(3939)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(3899)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(3833)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(3790)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(3776)

A família é a base do sucesso escolar

(3772)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(3771)

Descubra “o poder curativo” da praia

(3727)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(3715)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(3711)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(3708)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(3686)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3613)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3562)

O que muda na mulher aos 40?

(3560)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3523)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3429)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3336)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3309)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3283)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3273)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3249)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3236)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3234)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 Réveillon de Faro ao som dos “Melomeno Rítmica” e dos DJs “Bubba Brothers”

Réveillon de Faro ao som dos “Melomeno Rítmica” e dos DJs “Bubba Brothers”

ver mais
 
Município de Loulé e ARS Algarve esclarecem utentes da Extensão de Saúde de Boliqueime

Município de Loulé e ARS Algarve esclarecem utentes da Extensão de Saúde de Boliqueime

ver mais
 
"Novo" Parque de Campismo da Praia de Faro já tem regulamento aprovado

"Novo" Parque de Campismo da Praia de Faro já tem regulamento aprovado

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio