Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Autarquia de Portimão esclarece comunicado do PSD sobre a Feira de São Martinho

Autarquia de Portimão esclarece comunicado do PSD sobre a Feira de São Martinho
Imprimir Partilhar por email
08-11-2018 - 08:29
A comissão Politica do PSD de Portimão emitiu esta quarta-feira, um comunicado pondo em causa a data da realização da Feira de S. Martinho acusando a Câmara Municipal de Portimão de romper com a tradição histórica.
 
A autarquia fala "num conjunto de inverdades".
 
De acordo com o referido comunicado, a feira termina “…precisamente a 11 de Novembro, Dia de São Martinho (tradicionalmente o dia do início)”
 
Nota do Município esclarece que nos anos mais próximos "nunca a feira de S. Martinho se iniciou no dia 11 de Novembro como diz o PSD":
 
2009: de 06 a 15 de Novembro de 2009
2010: de 05 a 14 de Novembro de 2010
2011: de 04 a 13 de Novembro de 2011
2012: de 09 a 18 de Novembro de 2012
2013: de 08 a 17 de Novembro de 2013
2014: de 07 a 16 de Novembro de 2014
2015: de 06 a 15 de Novembro de 2015
2016: de 04 a 13 de Novembro de 2016
2017: de 03 a 12 de Novembro de 2017
2018: de 02 a 11 de Novembro de 2018
 
"Ou seja, o que a tradição recente impõe é que a Feira decorra durante 10 dias abarcando o dia de S. Martinho e dois fins-de semana, o que acontece mais uma vez em 2018", expressa a mesma nota camarária.
  
Relativamente aos registos históricos mais antigos o que a edilidade afirma "é que a Feira de S. Martinho na sua génese durava um único dia – o Dia de S. Martinho, com base na leitura do alvará régio que determinou a criação desta feira". 
 
Com base nesta informação, "há registo de notícias do jornal ´Comercio de Portimão` onde há cerca de cem anos a Feira de S. Martinho tinha uma duração de três dias incluindo o dia de S. Martinho", acrescenta a autarquia.
 
Quanto à questão levantada por parte do PSD, “que, por exemplo, as feiras de Silves e Portimão têm uma origem histórica, realizando-se há séculos em datas fixas”, a edilidade remata que se em relação a Portimão "já se demonstrou que a data de realização sofreu ao longo dos tempos alterações, desta feita relativamente à Feira de Silves esta também não tem tido data certa":
 
2014: de 30 a 2  de Novembro
2015: de 29 a 1 de Novembro
2016: de 29 a 1 de Novembro
2017: de 30 a 2 de Novembro
2018:de 31 a 4 de Novembro
 
Sobre a questão do PSD acusar o município de Portimão de ser o causador do fim da Feira de Lagoa, a autarquia contrapõe já que "a referida Feira deixou de se realizar há pelo menos 20 anos".
 
O PSD refere no mesmo comunicado que “Para registo histórico, assinala que as datas remontam a 1662 quando D. Afonso VI emitiu o Alvará para a criação da Feira Franca de São Martinho na Vila Nova de Portimão e que a Feira de Todos-os-Santos de Silves foi criada por D. João II em 1491, fixando as datas tal como eram respeitadas em Portimão, até 2017.” 
 
O Município esclarece que a data de realização da Feira de S. Martinho foi deliberada em reunião de Câmara de 21 de Novembro de 2017, depois de consultados os operadores que estiveram presentes na feira desse mesmo ano, deliberação que foi aprovada por unanimidade incluindo o Vereador do PSD, Manuel Valente.
 
Concluindo, o mesmo documento autárquico, revela que há cerca de 2 meses o executivo municipal foi alertado para a coincidência de datas da Feira de S. Martinho e da Feira de Todos os Santos "tendo sido feitos todos os esforços possíveis para o adiamento por uma semana da Feira de S. Martinho de 2018, uma alteração que não só não foi possível por estar agendado para o fim-de-semana de 17 e 18 de Novembro um evento internacional de dança a realizar no Portimão Arena, com mais de uma centena de participantes estrangeiros, já com as viagens compradas e alojamentos reservados".
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

BE:Parlamentares vão “em Bloco” à Ualg e questionam Governo sobre praxes



-

PCP quer medidas urgentes para travar degradação da rede ferroviária do Algarve



-

PSD diz que Faro está a ser "vítima" de decisões do Governo



-

Cristóvão Norte diz que, «CP está no grau zero de serviço e no menos um de respeito aos utentes do Algarve»



-

PCP promove sessão evocativa da fuga de Caxias com Domingos Abrantes em Olhão



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Vila do Bispo:Veleiro francês afunda-se resultando numa vítima mortal

Vila do Bispo:Veleiro francês afunda-se resultando numa vítima mortal

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Futsal:Inter-Vivos conquista só com vitórias torneio de abertura do Sotavento

Futsal:Inter-Vivos conquista só com vitórias torneio de abertura do Sotavento

ver mais
 
Albufeira acolhe IV Encontro Internacional de Voluntariado

Albufeira acolhe IV Encontro Internacional de Voluntariado

ver mais
 
Domingos Caetano canta clássicos nacionais em Olhão

Domingos Caetano canta clássicos nacionais em Olhão

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio