Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Banco Alimentar:Algarvios contribuíram com mais 10 toneladas em relação a 2018

Banco Alimentar:Algarvios contribuíram com mais 10 toneladas em relação a 2018
Imprimir Partilhar por email
02-12-2019 - 20:49
Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram este fim-de-semana mais de 2.100 toneladas de géneros alimentares, na campanha realizada em 2.000 superfícies comerciais de 21 regiões do país.
Prosseguem ainda ao longo da semana, até 8 de dezembro, a campanha "Ajuda Vale", nos supermercados, e a campanha online em www.alimentestaideia.pt.
 
No Algarve 2 mil voluntários deram a sua ajuda, em 141 lojas de todos os concelhos da região e também em dois armazéns.
 
Segundo o Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve, foi possível recolher 140 toneladas de alimentos, um valor superior em cerca de dez toneladas face ao ano passado.
 
Segundo a Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares contra a Fome, «não podemos deixar de sublinhar o papel dos voluntários, pessoas de todas as idades, com convicções políticas e religiosas diversas que, participando, lado a lado, contribuem de forma fraterna e solidária para uma sociedade mais justa e coesa», 
 
Isabel Jonet, salientou que «temos de agradecer aos milhares de doadores, aos voluntários, às empresas e entidades que apoiaram esta campanha, dando assim o seu grande contributo para que os Bancos Alimentares possam continuar a acudir a muitas pessoas necessitadas.»
 
Os géneros alimentares recolhidos serão distribuídos, a partir da próxima semana, a 2.400 Instituições de Solidariedade Social, que os entregam a cerca de 380 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.
 
Isabel Jonet destaca ainda que é «muito importante e gratificante para todos os voluntários e para o Banco Alimentar poder contar com o apoio do Presidente da República, que dá assim destaque a esta rede social de carne e osso.»
 
Segundo dados divulgados recentemente pelo INE, mais de 2,2 milhões de pessoas estão em risco de pobreza em Portugal ou exclusão social (21,6% da população). Se fossem considerados apenas os rendimentos do trabalho, de capital e transferências privadas, 43,4% da população em Portugal estaria em risco.
 
PUB
 
MAIS LIDA AGORA
Ualg decreta três dias de luto académico pela morte de dois estudantes

Ualg decreta três dias de luto académico pela morte de dois estudantes

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 Distritos de Beja e Faro sob aviso amarelo devido à chuva e trovoadas

Distritos de Beja e Faro sob aviso amarelo devido à chuva e trovoadas

ver mais
 
Maddie:Investigação prossegue no DIAP de Faro com inquirição de testemunhas

Maddie:Investigação prossegue no DIAP de Faro com inquirição de testemunhas

ver mais
 
Maddie: PJ prossegue investigação em Portugal e confirma envolvimento de cidadão alemão

Maddie: PJ prossegue investigação em Portugal e confirma envolvimento de cidadão alemão

ver mais
 
 
 
 
Alô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio