Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Casal de Altura cria marca que recupera a Muxama e a Estupeta de Atum

Casal de Altura cria marca que recupera a Muxama e a Estupeta de Atum
Imprimir Partilhar por email
14-07-2019 - 00:00
A marca "Real Conserveira" foi oficialmente apresentada no passado fim-de-semana, nas Festas em Honra do Imaculado Coração de Maria, em Altura.
 
Conforme explica nota do Município de Castro Marim, o projeto foi criado por dois alturenses, Miguel Guerreiro e Sandra Guerreiro, e combina a história da Indústria Conserveira de Vila Real de St. António e o património de sabores do concelho de Castro Marim.  
 
O registo da marca e a decisão da venda de Muxama e Estupeta de Atum aconteceu no âmbito do mestrado que Miguel Guerreiro frequenta na Universidade do Algarve, de Design de Comunicação para o Turismo e Cultura. No desenvolvimento de um plano de comunicação para a marca, juntou-se ao projeto a sua esposa, Sandra Guerreiro, empresária na área de Digital Communication cuja experiência lhe permitiu abraçar a ideia e transportá-la para um portal de venda online.  
 
O lançamento será agora reforçado com uma estratégia de promoção da marca, que passa pela sua presença nas noites dos Mercadinhos de Verão, em Altura, onde realizarão showscookings com receitas que aliam a muxama e a estupeta de atum aos produtos castromarinenses, como o Queijo Fresco do Azinhal e a Flor de Sal de Castro Marim, assinala a mesma nota. 
 
“Com mais de um século de História, a indústria conserveira de Vila Real de Santo António é uma referência na tradição da Muxama e Estupeta de Atum, chegando a ser mesmo, em meados do século XX, o seu principal setor de atividade económica. No entanto, hoje não existe uma fábrica em funcionamento, não só aqui, mas em Portugal, pelo que temos que adquirir os produtos em Espanha”, sublinha Sandra Guerreiro. 
 
Lamenta ainda que só o sotavento algarvio continue a preservar a tradição do consumo de atum, sendo um produto quase esquecido na restante região. Também por essa razão, a Real Conserveira prima por se apresentar numa embalagem elegante e sofisticada que, ao mesmo tempo, valoriza os produtos e os torna mais facilmente transportáveis, relançando no mercado a venda de muxama e de estupeta. 
 
O projeto está numa fase inicial, que serve para perceber a reação do consumidor e poder melhorar a abordagem e apresentação do produto, mas em 2020 a Real Conserveira prevê avançar com uma estratégia mais consertada e de longo prazo e avançar o projeto além-fronteiras. 
 
 
COMENTÁRIOS
 
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
"Trilho dos pescadores" já chega a Lagos

"Trilho dos pescadores" já chega a Lagos

ver mais
 
Carreiras de barco entre Faro e a Ilha do Farol prolongadas para todo o ano

Carreiras de barco entre Faro e a Ilha do Farol prolongadas para todo o ano

ver mais
 
"Ópera Rocks" no Cine-Teatro Louletano com projeto musical "original"

"Ópera Rocks" no Cine-Teatro Louletano com projeto musical "original"

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio