Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

CDS quer saber que medidas está o Governo a tomar para resolver situação das maternidades do Algarve

CDS quer saber que medidas está o Governo a tomar para resolver situação das maternidades do Algarve
Imprimir Partilhar por email
09-07-2019 - 11:33
Os deputados do CDS-PP João Rebelo, Teresa Caeiro e Isabel Galriça Neto questionaram esta segunda-feira, por escrito, a ministra da Saúde sobre a situação que se vive nas maternidades do Algarve.
 
Na pergunta, os deputados do CDS-PP querem que a ministra confirme que decorre um concurso nacional para admissão de pessoal médico para a área hospitalar, encontrando-se abertas duas vagas para pediatras no Centro Hospitalar Universitário do Algarve.
 
Depois, e sendo reconhecido pelo Conselho de Administração do CHUA que para resolver o problema da falta de médicos pediatras será necessário, eventualmente, recorrer a empresas de prestação de serviços médicos, os deputados do CDS-PP questionam quais os motivos para que o problema se mantenha e que medidas foram já tomadas para efetivar estes contratos.
 
Finalmente, questionam que medidas está a ministra a tomar, no imediato, para que situações como a deste fim de semana não se repitam.
 
Os deputados lembram que as grávidas enviadas de Portimão para Faro são obrigadas a fazer 68 km por autoestrada. No entanto, esgotando a sua capacidade de atendimento, o Hospital de Faro reencaminha as grávidas para o Hospital de Évora, a 224 km, facto que segundo os parlamentares, aconteceu no fim de semana, a 6 de julho, de acordo com uma nova denúncia do SIM - Sindicato Independente dos Médicos.
 
Os deputados avançam que no dia 6 de julho, a maternidade do Hospital de Faro entrou em rutura e estava sem capacidade para receber prematuros transferidos de Portimão, onde o serviço se encontrava fechado temporariamente por falta de médicos para assegurar as escalas.
 
A maternidade do Hospital de Portimão esteve novamente encerrada no período compreendido entre as 9h00 de dia 6 e a mesma hora de dia 7 de julho p.p., situação que, de acordo com o CHUA «se ficou a dever ao facto de não ser possível garantir o apoio de pediatra com competências na área da neonatologia na referida unidade».
 
Ainda segundo o CHUA, «neste momento, decorre um concurso nacional para admissão de pessoal médico para a área hospitalar, encontrando-se abertas duas vagas para pediatras».
 
O CDS-PP diz encarar estes factos "com muita preocupação, considerando ser absolutamente necessário e prioritário assegurar tanto o acesso à saúde, como a qualidade da prestação de cuidados de saúde à população, o que, neste caso, claramente, continua a não acontecer".
 
 
 
COMENTÁRIOS
 
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Descubra o que vai mudar na 38ª Concentração de Faro

Descubra o que vai mudar na 38ª Concentração de Faro

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Este domingo os veraneantes são convidados a limpar a Ria

Este domingo os veraneantes são convidados a limpar a Ria

ver mais
 
PAN questiona autarquia de Olhão acerca de gatos abandonados

PAN questiona autarquia de Olhão acerca de gatos abandonados

ver mais
 
 Famílias convidadas ao programa de Ciência Viva no Verão no Algarve. Saiba mais aqui

Famílias convidadas ao programa de Ciência Viva no Verão no Algarve. Saiba mais aqui

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio