Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Como encontrar o equilíbrio em 10 passos
Imprimir Partilhar por email
Em primeiro lugar, importa ter em conta que, o bem-estar e a felicidade existem dentro de cada pessoa e, não são algo que se procure ou encontre no exterior. Partindo deste pressuposto, a base é encontrar dentro de cada um de nós. “os botões” que precisam de ser ligados para que tudo funcione em harmonia e produzindo a tal sensação de felicidade.
 
É também fundamental ter em atenção que, a natureza e o ser humano estão em permanente estado de equilíbrio, pelo que, a conquista desse bem-estar depende essencialmente da capacidade de cada pessoa encontrar dentro de si, as boas sensações. É neste ponto que, aquilo que nos rodeia se assume como “ativador” daquilo que existe dentro de cada um de nós.
 
Perante a tomada de consciência daquilo que nos faz bem, é mais fácil orientar as escolhas, selecionar as pessoas que queremos manter em nosso redor, focar os nossos objetivos e prioridades.
 
Feita a introdução ao tema, vamos seguir os dez conselhos da Revista “Bons Fluidos”, para que se possa iniciar uma nova fase de vida, preferencialmente mais inspiradora e feliz!
 
1. Sendo o equilíbrio emocional a base da felicidade e bem-estar, é fundamental começar a incutir conceitos como diálogo, tolerância, afeto e sinceridade.
 
Naturalmente que não se encontram estes requisitos na maior parte das pessoas com quem se convive diariamente, nem seria possível dar resposta a tantas solicitações, ainda assim, é importante fazer-se acompanhar por pessoas com estes “ingredientes” para que o seu bem-estar comece a ganhar expressão. O parceiro, um amigo ou amiga, um grupo restrito de pessoas com que se convive, devem reunir estas características para que a relação seja positiva para ambas as partes.
 
Na mesma sequência, encontramos o ponto 2, que se refere à autoconfiança.
Adquirir autoconfiança não é mais que olhar bem para si, aprender a gostar dessas caraterísticas e a dar-lhes dimensão. A autoconfiança é o somatório daquilo que somos, mais o espaço do que queremos ser! É aceitarmo-nos tal como somos e reservar um “espaço” para nos acrescentarmos diariamente com as vivências, sejam elas positivas ou negativas. É imperioso ter em conta que, mesmo as experiências menos positivas, devem “ser aproveitadas” para a aprendizagem e evolução.
 
3. Exercitar a generosidade é também um ponto crucial, já que, está amplamente comprovado que a capacidade de nos darmos aos outros, está diretamente ligada ao equilíbrio, ao bem-estar, à autoconfiança e à própria felicidade. Nunca é demais recordar que, generosidade não é dar aquilo de que se necessita e ficar a lamentar a falta de agradecimento do outro! Generosidade é o desejo de oferecer algo sem pedir nada em troca; sem lamentar a oferta e retirar prazer desse gesto.
 
4. Controlar a ansiedade é outro ponto essencial para quem quer ser feliz! É fundamental aprender a viver cada momento, sem que se sofra por antecipação ou se projetem todas as atenções “no que irá ou não acontecer”. Um dos segredos é “ir lendo” os sinais da vida, já que, a pressa “retira a capacidade de concretizar os planos que a vida tem para nós”. A Revista Fluidos enfatiza que, “analisar o que nos acontece diariamente pode ser um importante truque para orientar as nossas escolhas.
 
5. Definir prioridade ajuda bastante a controlar a ansiedade e a encontrar o equilíbrio, enquanto que permite “celebrar” as conquistas!
 
Quando “recebe um conjunto de problemas ao mesmo tempo”, faça uma lista e organize a ordem com que vai resolver as situações. O mesmo se passa na organização doméstica, no emprego e em tudo na vida. Definidas as prioridades e o tempo de resolução, vá respirando fundo à medida em que ultrapassa cada etapa. Em pouco tempo terá tudo resolvido e com sucesso, acredite!
 
6. Vamos à resiliência: a arte de superar as adversidades.
 
É um facto inquestionável que, as adversidades existem, que é impossível ser feliz, sem ser infeliz; não por imposição, mas porque naturalmente estamos sempre em desequilíbrio e à procura precisamente desse bem-estar. Perante isto, é preciso “parar, escutar e Olhar”, que é como quem diz: analisar, escolher e decidir para que se compreenda o que aconteceu e se consiga seguir em frente.
 
O segredo é não fugir da realidade, mas sim tentar dar-lhe uma explicação aceitável.
 
7. Aprender a ter mais paciência é um requisito desejável nas mais variadas situações e requer uma tomada de consciência pessoal.
Ter paciência não é tolerar tudo, mas sim saber justificar aquilo que não tolera com calma!
 
8. O poder da amizade verdadeira é o oitavo ponto, mas poderia ser o primeiro. É essencial fazer-se suportar por uma rede segura de pessoas com quem se sinta confortável e feliz. Essa troca de energias e emoções são um importante alento para tudo o que já se pediu nos pontos anteriores.
 
9. Aceitar as mudanças também é um desafio a cultivar e, a forma mais fácil de viver.
Deixar para trás o conhecido, mas pouco estimulante, é um pré-requisito para uma vida mais vibrante. Criar uma “versão” mais atualizada da sua personalidade, irá permitir-lhe aceitar mais e melhor a diversidade e valorizar aquilo que realmente é essencial para si. O resto, pode ou não existir neste ou naquele lugar!
 
10. Não tema a felicidade. Muitas pessoas só não conseguem ser felizes por medo! Medo de procurarem alternativas, medo do desconhecido, medo de sair do seu território de segurança, mesmo que frágil e pouco entusiasmante. A felicidade assusta quem já se habituou à vitimização e a uma forma de vida negativa. Lutar contra esses velhos pensamentos, vai permitir-lhe encontrar uma nova dimensão para a sua personalidade e, naturalmente que um encontro com a capacidade de sorrir e de ser feliz!
 
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(87370)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37125)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(19146)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13965)

Não podemos viver sem amor

(11980)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10977)

A mentira: um mal necessário

(9141)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9033)

Idade não traduz maturidade

(8816)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8322)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8274)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(7995)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(6783)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5708)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5593)

É Demissexual?

(5336)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5287)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(5127)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5093)

A “ciência” do aperto de mão

(4703)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4702)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4659)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4643)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4517)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4466)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(4448)

O poder das ervas aromáticas

(4423)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4329)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4228)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4215)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4162)

A família é a base do sucesso escolar

(4117)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4046)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4039)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4037)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4014)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4013)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4003)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3984)

O que muda na mulher aos 40?

(3938)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3836)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3811)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3730)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3632)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3627)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3614)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3604)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3545)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3522)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3518)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Município de Lagoa aprova medidas especiais de apoio às famílias, às empresas e ao terceiro setor

Município de Lagoa aprova medidas especiais de apoio às famílias, às empresas e ao terceiro setor

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Portugal regista 9034 infetados:Algarve com mais 21 em 24 horas

Portugal regista 9034 infetados:Algarve com mais 21 em 24 horas

ver mais
 
Vila do Bispo:Mulher cospe para militares da GNR e disse que estava infetada

Vila do Bispo:Mulher cospe para militares da GNR e disse que estava infetada

ver mais
 
21 trabalhadores agrícolas em Tavira poderão estar infetados com o novo cornavírus

21 trabalhadores agrícolas em Tavira poderão estar infetados com o novo cornavírus

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio