Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Como está o seu sentido crítico?
Imprimir Partilhar por email
“Seja no âmbito académico ou no dia a dia de pessoas comuns, incentivar o sentido crítico em dada sociedade é elevar o seu nível de desenvolvimento, é possibilitar menos enganos, menos falácias, proporcionando uma visão mais clara da realidade.” (Patrícia Bianchi)
 
Entende-se por sentido crítico a habilidade da argumentação e do raciocínio necessários, por exemplo, para fazer ciência.
 
De um modo geral, o sentido crítico é uma expressão que pode ter muitos significados, mas é recorrentemente usada de maneira vaga. Considerada como o oposto de senso comum, o sentido crítico diz respeito ao “saber olhar ao nosso redor com atenção”.
 
Possuir sentido crítico é, em linhas gerais, ser capaz de entender a maneira como o mundo funciona, ter a habilidade de formular argumentos e participar ativamente na realidade social.
 
No sítio todoestudo.com.br  lê-se que, «na democracia liberal, a capacidade dos cidadãos saberem argumentar e perceber os problemas da sociedade é bastante valorizada». Para tal, existe um maior investimento na escolarização dos seus indivíduos para que possam contactar com o mundo de uma forma diferente. Os estudantes aprendem a questionar o mundo à sua volta e a duvidar daquilo que lhes é dito. Aprendem a pensar sobre a realidade, não permitindo evidenciar apenas o senso comum que liga toda a comunidade a um pensamento. Neste sentido, uma criança que estuda apresenta naturalmente uma visão mais elaborado do mundo, dos outros e de si mesma.
 
O sentido crítico envolve o exercício da racionalidade, da argumentação e da ciência como bases fundamentais.
 
Segundo a mesma publicação, as escolas modernas têm como principal objetivo a capacidade de «disciplinar os membros da sociedade». É essencial que cada indivíduo saiba controlar os seus impulsos, sentimentos, ao mesmo tempo em que é capaz de salvaguardar o bem coletivo e de se relacionar com os demais.
 
Em linhas gerais, o projeto da sociedade moderna tem como premissa a participação popular na política. Além da existência de uma pluralidade de opiniões.
 
Para tal, os cidadãos precisam de ser ensinados a participar, a argumentar e a respeitar os diferentes pontos de vista.
 
Segundo o sociólogo Pierre Bourdieu, é necessário que as pessoas tenham acesso aos bens culturais e intelectuais da sociedade. Só através desse acesso é que as pessoas conseguem sair de uma condição desprivilegiada.
 
Ao mesmo tempo, a leitura é outro pilar essencial na conquista do sentido crítico, uma vez que desenvolve amplamente o conhecimento. Não sendo a única forma possível de desenvolver sentido crítico, ler facilita muito essa tarefa, sobretudo quando se opta pela escrita de investigadores, cientistas e estudiosos sobre qualquer matéria. Está comprovado que, um cérebro leitor não é, de forma alguma, um cérebro igual aos demais.
 
Para desenvolver o sentido crítico, é importante ler e ter contacto com realidades que estimulem a nossa imaginação. Nesse sentido, produzir um pensamento crítico pode ser muito gratificante.
 
Aceder aos espaços culturais, visitar museus, galerias de arte, procurar aprender mais num concerto, numa palestra ou seminário, são desafios para quem está apostado em se cultivar e em desenvolver sentido crítico. Despertar para a leitura pode desenvolver o hábito de frequentar uma biblioteca e de alargar o leque de interesses com a oferta que lhe é apresentada. Esse despertar ganha mais forma e consistência quando é aplicado à escolha de espaços culturais à disposição de todos numa sociedade.
 
Nunca é demais recordar que, o senso comum é o oposto do sentido crítico. O senso comum corresponde ao conhecimento popular a que todos têm acesso; a linguagem comum entre as pessoas, os costumes e aquilo que se diz sem refletir.  Por outro lado, o sentido crítico é um pensamento racional e fundamentado na ciência. O resultado de um estudo, é capaz de explicar a causa de um problema. É o produto de um trabalho de investigação, que foi comprovado, que pode ser questionado e acrescentado, mas que tem um suporte científico.
 
“Um indivíduo que possui a capacidade de analisar e discutir problemas inteligente e racionalmente, sem aceitar, de forma automática, as suas próprias opiniões ou opiniões alheias, é um indivíduo dotado de sentido crítico.” (David Carraher).
 
Fátima Fernandes
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(88014)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37627)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(21306)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(15195)

Não podemos viver sem amor

(12349)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(11536)

A mentira: um mal necessário

(9680)

Idade não traduz maturidade

(9502)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9462)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8948)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8687)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8659)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(7345)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(6358)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(6038)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5799)

É Demissexual?

(5612)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5530)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(5420)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5415)

A “ciência” do aperto de mão

(5270)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(5043)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4953)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4918)

O poder das ervas aromáticas

(4884)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4832)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4827)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4719)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4633)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4578)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4554)

A família é a base do sucesso escolar

(4505)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4398)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4371)

O que muda na mulher aos 40?

(4370)

Oito “segredos” para ser bom pai

(4344)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4298)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4291)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4268)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4233)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(4154)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(4109)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(4069)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3991)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3965)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3902)

Falta de empatia: a maior doença da humanidade

(3895)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3858)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3842)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3823)
PUB
 
MAIS LIDA AGORA
Covid.19:Novos casos são de Lagos e Portimão (contagem por concelho)

Covid.19:Novos casos são de Lagos e Portimão (contagem por concelho)

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Covid.19:CDS diz que algarvios precisam "de resposta urgente"

Covid.19:CDS diz que algarvios precisam "de resposta urgente"

ver mais
 
Futsal:Clubes de Faro assinam protocolo "histórico"

Futsal:Clubes de Faro assinam protocolo "histórico"

ver mais
 
I Liga:Portimonense perde em casa frente ao Vitória de Guimarães

I Liga:Portimonense perde em casa frente ao Vitória de Guimarães

ver mais
 
 
 
 
Alô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio