Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Como surpreender alguém com pouco dinheiro
Imprimir Partilhar por email
Já pouco se ouve falar em crise, mas a poupança continua a não ser “o forte” dos portugueses, seja porque os vencimentos não são muito elevados, seja porque os hábitos de consumo ainda são elevados.
 
Com o intuito de melhorar a qualidade de vida e, ao mesmo tempo, de mostrar como se pode fazer uma grande diferença com pouco investimento, recorremos a ideias dos nórdicos que, podem muito bem encaixar-se na nossa cultura!
 
Apesar de serem mais abonados, os habitantes do Norte da Europa combatem ao máximo o desperdício, enquanto que demonstram o valor dos pequenos gestos para com amigos e familiares.
 
Enquanto em Portugal é comum ir a uma festa de aniversário com um presente e, geralmente com um valor acima das possibilidades do orçamento familiar, os habitantes desse lado da Europa optam por fazer algo em casa para oferecer. Para além da poupança, exploram a criatividade, o bom gosto e procuram agradar com um gesto carinhoso.
 
Desde as velas que se decoram à mão, passando pelo bolo, pela tarte, pelo pudim que se prepara para um familiar ou amigo, tudo serve para marcar a presença, já que o convite é o prazer de estar com quem se gosta, não o valor material daquilo que se oferece.
 
É comum perguntar aos amigos aquilo que mais gostam e surpreendê-los dessa forma nos momentos festivos. Não é de admirar que se façam transportar por um doce típico, por um doce criado pela família, pela originalidade de um pano bordado à mão, pela oferta de uns legumes do jardim que foram cuidadosamente plantados e cuidados, ou por uma garrafa de vinho que já faz parte da herança familiar ou que é produto da própria colheita.
 
Para os nórdicos, é simpático e simples visitar um amigo com um bolo num prato bonito e bem decorado. Existe inclusive a tradição de se pedir uma sobremsa para a festa e cada um escolhe aquilo que de melhor sabe fazer para partilhar com os demais.
 
Não é também de admirar que uma família leve um prato apreciado por todos para celebrarem juntos um aniversário. Quando se visita uma família de uma zona diferente do país, é costume levar algo típico que se aprendeu a confecionar e que será degustado por quem convidou.
 
O chá é também uma tradição, pleo que também é comum que faça parte dos presentes numa ocasião especial, porque sempre que ocorre um convite, é porque é um momento especial de partilha, de convívio, de aprendizagem e de troca. Nos casamentos, o ritual também se cumpre, sem os exageros das prendas que nós portugueses ainda vamos fazendo na questão das compras. Tudo muito simples, mas com bom gosto é sempre a marca destes povos, onde o dinheiro lhes custa muito a ganhar e onde a família e os amigos são o verdadeiro prazer dos tempos livres, logo investe-se no amor, no carinho e no prazer do convívio e de tudo o que possa acrescentar esse momento.
 
Acredito que, em tempos de mudança de mentalidades, também seja possível ir a uma festa com uns bolinhos regionais, com uma boa cerca de figos, com uma garrafa bonita de medronho ou de aguardente de figo, com uma tarde de amêndoa ou qualquer iguaria que marca a nossa tradição e o que de melhor existe na nossa região. O desafio está lançado, sem esquecer os nossos enchidos, as papas de milho e qualquer outro símbolo que pode surpreender positivamente qualquer família numa data especial. Um bolo ou tarde elaborados em casa, serão certamente muito bem acolhidos por quem nos convida, tal como o prato favorito da família pode marcar a diferença. Tudo depende do bom gosto e de perceber que, de facto, se pode levar felicidade a alguém com pequenos gestos carinhosos!
 
Fátima Fernandes
 
COMENTÁRIOS
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(86614)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(36453)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(16601)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(12990)

Não podemos viver sem amor

(11553)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10002)

A mentira: um mal necessário

(8677)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(8478)

Idade não traduz maturidade

(8094)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(7773)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(7739)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(6838)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5238)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5168)

É Demissexual?

(4950)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(4927)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(4724)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4334)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4250)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4230)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(4154)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(4073)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4071)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4047)

O poder das ervas aromáticas

(3988)

A “ciência” do aperto de mão

(3929)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(3835)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(3807)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(3744)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(3719)

A família é a base do sucesso escolar

(3690)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(3689)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(3676)

Descubra “o poder curativo” da praia

(3662)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(3645)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(3640)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(3632)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(3601)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3541)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3495)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3449)

O que muda na mulher aos 40?

(3446)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3361)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3280)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3247)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3212)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3181)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3164)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3142)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3140)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Frio e chuva chegam ao Algarve a partir de quinta-feira

Frio e chuva chegam ao Algarve a partir de quinta-feira

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Novo clube de andebol em Olhão quer mais meninas a praticar a modalidade

Novo clube de andebol em Olhão quer mais meninas a praticar a modalidade

ver mais
 
Projeto "Ler na Freguesia" vai ser lançado em Montenegro

Projeto "Ler na Freguesia" vai ser lançado em Montenegro

ver mais
 
Município de Loulé pioneiro com iniciativa amiga do ambiente e dos seus colaboradores

Município de Loulé pioneiro com iniciativa amiga do ambiente e dos seus colaboradores

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio