Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Conheça os benefícios dos campos de férias para os seus filhos
Imprimir Partilhar por email
Vão longe os tempos em que as férias grandes eram passadas com os avós. Os mais velhos trabalham até mais tarde e querem aproveitar os seus anos de vida com mais sossego e qualidade.
 
Os netos fazem bem de vez em quando, mas podem ser muito cansativos por longos períodos, por isso, são muitos os avós que se inscrevem em atividades também para se libertarem dos netos nesta altura do ano.
 
Ao mesmo tempo, aquilo que parecia um tormento, acaba por ser muito positivo, as colónias ou campos de férias fazem muito bem às crianças que convivem umas com as outras, que participam em diversas atividades e que se divertem. Têm um custo variável com a oferta, mas de um modo geral, e desde que estejam certificados com as devidas licenças, são uma boa solução para os mais novos enquanto que os pais trabalham.
 
Para que os pais se sintam mais seguros com esta opção, listamos os principais benefícios dos campos de férias para as crianças e jovens.
 
Assim, é fundamental mostrar à criança que se trata de um prémio após um ano de aulas e não um castigo. Esta será a melhor forma de a criança compreender que se vai divertir e estar em contacto com uma nova realidade.
 
As actividades ajudam a criança a superar qualquer problema de timidez, a melhorar a sua comunicação e a sua maneira de se socializar com outras crianças, tanto da sua idade como de outras.
 
Os campos de férias ajudam a conquistar autonomia, tolerância e capacidade de partilha. Nos campos de férias a criança tem de aprender a desembaraçar-se e a resolver problemas que, em casa seriam solucionados pelos pais ou avós.
 
Vão aprender a trabalhar em equipa, pois desenvolvem muitas actividades nas quais necessitam da ajuda de outros para alcançar o objetivo.
 
Vão estar ao ar livre, vão contactar com crianças diferentes e, muitas vezes de outras culturas e que falam outros idiomas, o que facilita a troca de saberes e a vivência de novas experiências.
 
Como os campos de férias têm um plano de atividades semanal, a criança acaba por participar em diversas atividades, por se colocar à prova e por se superar. Por norma são atividades muito diferentes daquelas em que participa ao longo do ano letivo, o que a motiva, desperta e enriquece.
 
Aos poucos os campos de férias vão ganahndo expressão e, dados os benefícios centrais, são uma excelente opção para uns dias de férias agradáveis entre pares e com outras realidades.
 
É importante uma escolha adequada ao interesses dos pais e da criança e que o filho se envolva no processo desde o início. Explique à criança para onde vai e mostre-lhe o mais possível de atividades para que se sinta motivada, pelo menos na primeira vez. Em pouco tempo e, com a diversão natural deste tipo de organizações, o seu filho vai esquecer-se dos medos e concentrar-se nas atividades.
 
Escolha a melhor opção sabendo sempre ao que vai e o que está a pagar. A forma de tratamento das crianças também pode fazer a diferença entre um campo e outro, por isso, recolha o máximo de informação, troque impressões com outros pais e proporcione uma nova experiência aos seus filhos no público ou no privado.
 
Fátima Fernandes
 
 
COMENTÁRIOS
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(86725)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(36577)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(17199)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13160)

Não podemos viver sem amor

(11642)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10212)

A mentira: um mal necessário

(8778)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(8582)

Idade não traduz maturidade

(8290)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(7864)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(7820)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(7052)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5343)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5333)

É Demissexual?

(5025)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(4994)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(4794)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4407)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4354)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4310)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(4307)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4154)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(4149)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4133)

A “ciência” do aperto de mão

(4103)

O poder das ervas aromáticas

(4085)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(3939)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(3899)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(3833)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(3790)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(3776)

A família é a base do sucesso escolar

(3772)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(3771)

Descubra “o poder curativo” da praia

(3727)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(3715)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(3711)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(3708)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(3686)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3613)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3562)

O que muda na mulher aos 40?

(3560)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3523)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3429)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3336)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3309)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3283)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3273)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3249)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3236)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3234)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 Réveillon de Faro ao som dos “Melomeno Rítmica” e dos DJs “Bubba Brothers”

Réveillon de Faro ao som dos “Melomeno Rítmica” e dos DJs “Bubba Brothers”

ver mais
 
Município de Loulé e ARS Algarve esclarecem utentes da Extensão de Saúde de Boliqueime

Município de Loulé e ARS Algarve esclarecem utentes da Extensão de Saúde de Boliqueime

ver mais
 
"Novo" Parque de Campismo da Praia de Faro já tem regulamento aprovado

"Novo" Parque de Campismo da Praia de Faro já tem regulamento aprovado

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio