Economia

Covid-19: Sindicato da Hotelaria do Algarve defende que salários sejam pagos a 100%

Em comunicado o Sindicato da Hotelaria do Algarve, defende que os rendimentos dos trabalhadores não podem ser reduzidos "numa altura em que se perspetiva que as suas despesas aumentem", rejeitando as implicações que decorrem do regime simplificado de lay-off tal como foi apresentado pelo Governo, bem como as medidas previstas de apoio à família que implicam uma perda de salário.

 
Neste contexto, os sindicalistas exigem que o pagamento seja a 100% e para todos.
 
O sindicato lembra que o setor do turismo "tem vindo a bater recordes sucessivos nos últimos anos, fruto do bloqueamento que os patrões têm vindo a fazer à atualização das tabelas salariais, com a redução do poder de compra dos trabalhadores".
 
Os sindicalistas defendem que "é hora dos trabalhadores exigirem que os patrões recorram aos lucros acumulados durante os últimos anos", para a manutenção dos postos de trabalho e o pagamento dos salários a 100%.