Sociedade

Covid.19:Conta solidária de Lagos angaria 45 mil euros em equipamentos de proteção individual

Cerca de 45 mil euros, é quanto totaliza a Conta Solidária que foi criada no final do mês de abril, no âmbito de um acordo de colaboração estabelecido entre a Câmara Municipal e a Santa Casa da Misericórdia de Lagos, para reunir os donativos das empresas, particulares e instituições que têm feito questão de contribuir para o combate à Covid-19.

 
Conforme avança nota do Município, a quase totalidade dessa verba, "resultante da generosidade de empresas e particulares, onde se incluem igualmente muitos cidadãos de comunidades estrangeiras residentes em Lagos", foi já aplicada na aquisição de 47 000 máscaras cirúrgicas, 4 200 máscaras FFP2, 1 310 litros de líquido gel desinfetante, 450 fatos e luvas. 
 
Estes equipamentos e consumíveis irão começar a ser distribuídos, segundo o Município, por instituições que estão na primeira linha de intervenção e prestam serviços de apoio à população local, designadamente: a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagos; a Delegação de Lagos da Cruz Vermelha Portuguesa; o Centro de Saúde de Lagos; o Hospital de Lagos; o Hospital de Portimão; a Santa Casa da Misericórdia de Lagos; a NECI; e o CASLAS.
 
Hugo Pereira, Presidente da Câmara, e Fernando Graça, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lagos, fizeram questão de acompanhar as operações de organização dos lotes que irão começar a ser entregues às entidades, uma logística que tem estado a ser preparada no Lar Rainha D.ª Leonor, em Lagos.
 
Ambos realçaram a importância do envolvimento da sociedade civil nesta causa, "assim como o espírito de solidariedade inerente a estas doações", que representam também "mensagens de encorajamento", sublinha a autarquia.