Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
“Damos o que temos e o que somos”
Imprimir Partilhar por email
Esta é uma expressão já muito defendida e conhecida no domínio das ciências, na medida em que cada vez se sabe mais acerca do comportamento humano e das implicações deste entre pais e filhos.
 
Para além da herança genética, sabe-se que os pais dão os filhos os seus valores, a sua forma de encarar a vida, as pessoas e as situações, pelo que, não é de admirar que se diga que os filhos são aquilo que recebem de casa para depois poderem receber o que lhes é disponibilizado pela sociedade.
 
Um recente estudo levado a cabo numa universidade norte-americana vem precisamente reforçar esta ideia, mostrando que, 91% do stress analisado nas crianças de hoje, é proveniente dos seus pais, o que ilustra como o modo de vida dos progenitores é uma forte influência na qualidade de vida dos mais novos.
 
Perante estes dados, os investigadores são unânimes em afirmar que, muito mais que repreender as crianças pelos seus comportamentos, é fundamental ir à causa, ou seja, sinalizar aquilo que pode estar a dar lugar a esse estado de ansiedade.
 
Muitos pais já se esqueceram de que foram crianças, jovens e adolescentes, já colocaram de parte as necessidades que sentiam quando eram mais novos para poderem fazer melhor, porque muito mais que viver a alegria de colocar um filho no mundo, deve ser avaliada a qualidade de vida que lhes é dada.
 
Essa qualidade de vida depende da harmonia que se vive dentro do casal, tal como está interligada à gestão de horários, à forma como se ocupa o tempo livre com os mais novos e à noção de que as crianças precisam de tempo de qualidade com os seus pais.
 
Os pais são o principal alicerce no desenvolvimento de uma criança. Quando estes estão seguros e tranquilos, conseguem educar com razão e coração que é sempre a forma mais equilibrada de dar e receber, de ensinar, de mostrar afeto e demonstrar o quanto uma criança tem o direito de ser feliz com aqueles que decidiram dar-lhe o direito à vida.
 
Quando falta esta consciência, tudo se confunde. O trabalho e a carreira assumem o lugar da família, os tempos livres dos mais novos são puramente ocupados entre pares e em sucessivas atividades, porque se considera que a criança deve estar em estado de aprendizagem e alerta durante todo o tempo em que está acordada.
 
Na realidade não é assim. A educação, tal como qualquer outra área de vida, precisa de equilíbrios, precisa de vazio; de estar sem fazer nada, de relaxar, de estar somente a brincar e a descobrir o mundo na primeira pessoa. Ora com tão poucos tempos livres para descontrair, naturalmente que as crianças entram em stress e elevados níveis de ansiedade.
 
Os pais ansiosos são a base dos filhos ansiosos, precisamente porque damos aquilo que somos e o que temos, pelo que vale a pena reformular, é urgente refletir sobre estas questões e organizar mais e melhor o tempo da família para que possam estar juntos sem o relógio sempre a ditar as regras e a ordem do dia. Faz bem estar na praia sem relógio e telemóvel, tal como é salutar esquecer o mundo nos tempos livres e desfrutar das emoções em família, pois o stress é a principal causa de doença mental do nosso século.
 
Fátima Fernandes
 
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(87410)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37169)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(19249)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(14036)

Não podemos viver sem amor

(12001)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(11007)

A mentira: um mal necessário

(9165)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9059)

Idade não traduz maturidade

(8850)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8357)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8292)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8042)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(6828)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5725)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5604)

É Demissexual?

(5354)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5304)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(5176)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5110)

A “ciência” do aperto de mão

(4729)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4717)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4678)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4661)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4538)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4482)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(4480)

O poder das ervas aromáticas

(4442)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4356)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4257)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4236)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4178)

A família é a base do sucesso escolar

(4142)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4068)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4056)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4056)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4031)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4030)

Oito “segredos” para ser bom pai

(4027)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4018)

O que muda na mulher aos 40?

(3958)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3868)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3831)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3749)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3654)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3645)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3631)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3621)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3565)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3542)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3538)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Sirene dos bombeiros de Portimão alerta quando há pessoas a mais nas ruas

Sirene dos bombeiros de Portimão alerta quando há pessoas a mais nas ruas

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ualg cria subsídio de emergência a estudantes e está a aceitar doações

Ualg cria subsídio de emergência a estudantes e está a aceitar doações

ver mais
 
Covid.19 - Município de Vila do Bispo cria linha de apoio psicológico

Covid.19 - Município de Vila do Bispo cria linha de apoio psicológico

ver mais
 
Município de Tavira transmite online Concerto de Páscoa

Município de Tavira transmite online Concerto de Páscoa

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio