Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Descubra “o poder curativo” da praia
Imprimir Partilhar por email
Em tempo de férias e com o mar a convidar a banhos, nunca é demais recuperar os benefícios de uma ida à praia!
 
Para além da sensação de liberdade que a praia oferece, os especialistas afirmam o precioso valor para a saúde que, uma visita ao areal pode proporcionar para crianças e adultos de todas as idades.
 
Com os devidos cuidados com os horários e, o protetor solar a prevenir os excessos, há pelo menos, cinco boas razões para não dispensar este contacto com a natureza.
 
Já não é novidade que o sol é uma importante fonte de Vitamina D e que, com as necessárias precauções, faz bem a exposição solar.
 
Ao mesmo tempo, a praia oferece relaxamento, sensação de prazer e uma inconfundível harmonia, tudo porque, o mar tranquiliza enquanto que o contacto com a areia acalma.
 
E tudo se resume a pequenos detalhes: o mar tranquiliza só pela observação da sua imensidão e movimento. O tom azul assume uma influência muito positiva na mente humana, sobretudo ao nível da criatividade.
 
O poder do mar sobre o ser humano é tão significativo que, os cientistas acreditam existir diferenças entre as pessoas que vivem mais perto e mais distantes da linha de costa.
 
Na posição dos entendidos, “os habitantes nas zonas costeiras de vários países, reportam melhores níveis de saúde mental e física”. Tendo em conta este “poder relaxante”, vale a pena não só tomar um banho de mar, como dedicar algum tempo à sua contemplação.
 
Os sons também podem fazer toda a diferença quando de bem-estar se fala…
 
Novos estudos indicam que, o rumor do mar promove empatia e, tudo começa com um simples fechar de olhos!
 
Ouvir o rumor das águas e o barulho da rebentação não só é muito agradável como aumenta a disposição para entender os outros. Curiosamente, ao “desestimular o cérebro”, tal como garante Richard Shuster, estes tipos de sons “ativam o sistema parassimpático, que é responsável por nos fazer descontrair e prestar mais atenção a quem nos rodeia”.
 
Há muito que se fala na maresia e no poderoso efeito que o iodo que se respira na praia promove ao organismo. Neste capítulo, a ciência refere-se ao cheiro das águas como um “gerador de defesas emocionais”.
 
A explicação é simples: “a brisa marítima está carregada de iões negativos que, quando inspirados, criam uma sensação de bem-estar e também aumenta as defesas emocionais que serão usadas quando o verão terminar”.
 
Estas conclusões surgem de uma  investigação publicada no “Journal of Alternative Complementary Medicine” que realça a importância destas moléculas de oxigénio com um eletrão suplementar, como uma terapia poderosa para tratar, por exemplo, a síndrome sazonal afetiva, caraterizada por grande melancolia nas estações mais frias.
 
Como tudo na praia faz bem, vamos à areia!
 
Os cientistas afirmam que, “a sensação ao tato de colocar os pés na areia mole e morna é suficiente para dizer ao cérebro que é tempo de abrandar”. Richard Shuster assegura que, a areia promove “a sensação de descontração uma vez que, habitualmente é o primeiro ‘cartão de visita’ quando se chega à praia. O toque dos pés no areal, constitui a primeira sensação física que desfrutamos ao chegar, pelo que, imediatamente o cérebro recebe a indicação de que está num local agradável e para descansar”.
 
Por todos estes motivos, mais os que queira acrescentar, vá a uma praia perto de si!
 
Fátima Fernandes
 
COMENTÁRIOS
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(86633)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(36484)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(16747)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13020)

Não podemos viver sem amor

(11569)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10029)

A mentira: um mal necessário

(8695)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(8497)

Idade não traduz maturidade

(8165)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(7794)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(7757)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(6882)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5279)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5187)

É Demissexual?

(4962)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(4941)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(4745)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4349)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4262)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4241)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(4183)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(4091)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4088)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4062)

O poder das ervas aromáticas

(4012)

A “ciência” do aperto de mão

(3977)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(3847)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(3832)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(3763)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(3731)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(3707)

A família é a base do sucesso escolar

(3706)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(3686)

Descubra “o poder curativo” da praia

(3675)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(3663)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(3657)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(3650)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(3610)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3557)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3509)

O que muda na mulher aos 40?

(3469)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3463)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3376)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3290)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3257)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3225)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3198)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3176)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3157)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3154)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Traficantes apanhados numa ação de fiscalização rodoviária em Altura

Traficantes apanhados numa ação de fiscalização rodoviária em Altura

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Igreja de São Bartolomeu de Messines recebe Orquestra Clássica do Sul

Igreja de São Bartolomeu de Messines recebe Orquestra Clássica do Sul

ver mais
 
Gala “Fé no Triatlo” distingue em Portimão atletas e treinadores do ano

Gala “Fé no Triatlo” distingue em Portimão atletas e treinadores do ano

ver mais
 
PCP promove debate em Faro sobre habitação

PCP promove debate em Faro sobre habitação

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio