Sociedade

Detida cabeleireira por roubar milhares de euros a idosa

 
A Polícia Judiciária, deteve uma mulher, pela presumível autoria dos crimes de burla qualificada, e furto ocorridos entre setembro e dezembro de 2019, na zona de Quarteira.

 
A PJ explica em comunicado que a suspeita aproveitando-se da vulnerabilidade da vítima, com 91 anos de idade, "fez com que esta lhe desse autorização para movimentar a sua conta bancária, alegando que seria para a ajudar".
 
A detida retirou à vítima um montante superior a três dezenas de milhar de euros, "deixando-a em difícil situação económica, sem capacidade de prover o seu sustento", acrescenta a PJ.
 
A detida apoderou-se ainda de vários artefactos em ouro que pertenciam à idosa.
 
A detenção ocorreu no âmbito de uma investigação tutelada pelo Ministério Público, DIAP de Loulé. A detida, de 49 anos de idade, cabeleireira, sem antecedentes criminais, vai ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.