siga-nos | seja fã
PUB
 

Dylan Groenewegen vence primeira etapa da Volta ao Algarve

Imprimir Partilhar por email
14-02-2018 - 21:09
O holandês Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo) venceu hoje a primeira etapa da Volta ao Algarve, uma ligação de 192,6 quilómetros que começou em Albufeira e terminou ao sprint em Lagos.
 
A etapa teve a configuração que se esperava, acabando com uma discussão entre os homens mais rápidos do pelotão. Dylan Groenewegen confirmou o excelente início de temporada, que já lhe tinha valido uma etapa e a liderança na Volta ao Dubai, e impôs-se com clareza, ao fim de 4h47m58s de corrida.
 
O segundo classificado foi o campeão francês, Arnaud Démare (FDJ), que também começa a temporada de forma auspiciosa, já que subiu ao pódio na primeira competição do ano. O terceiro foi o gaulês Hugo Hofstetter (Cofidis, Solutions Crédits).
 
“Vencer em Lagos era um dos objetivos da equipa. Os meus companheiros proporcionaram-me um lançamento excelente e consegui bater os meus rivais. Já conhecia a chegada, apesar da aproximação dos quilómetros finais ser diferente e mais exigente. É muito satisfatório começar no Algarve com a camisola amarela mas admito que não tenho pretensões de a defender. A etapa de amanhã é dura e não adaptada às minhas características. Tentarei vencer novamente no sábado, em Tavira”, confessou o dono da Camisola Amarela Algarve.
 
Antes das decisões, a etapa foi animada por um quinteto, que partiu do pelotão ao quilómetro 2. O grupo era formado por Josu Zabala (Caja Rural-Seguros RGA), Nuno Almeida (LA Alumínios), David Livramento (Sporting-Tavira), Luís Afonso (Vito-Feirense-BlackJack), João Rodrigues (W52-FC Porto). O algarvio da equipa portista ganhou as duas contagens de montanha do dia, sendo o primeiro portador da Camisola Azul Liberty Seguros, símbolo de melhor trepador. Afonso e Zabala foram os mais resistentes, sendo alcançados a 16 quilómetros da meta.
 
“Só o facto de subir ao pódio na Volta ao Algarve é justificativo de qualquer esforço despendido na corrida. Foram muitos quilómetros em fuga, pois ataquei logo após a partida, mas que hoje, com justiça, acabaram devidamente recompensados. Sou algarvio, conhecia bem o percurso, pois aqui treino com frequência, e poupei-me para as contagens de montanha. Vestir a camisola da montanha com um pelotão deste nível é motivo de orgulho. Penso defender esta liderança, embora reconheça que os rivais são muitos e de muito boa qualidade”, afirmou João Rodrigues.
 
Dylan Groenwegen assumiu o comando da classificação geral, embora com o mesmo tempo dos 106 corredores que cortaram a meta a seguir, já que a corrida não atribui bonificações. O segundo e o terceiro classificados são os homens que ocuparam iguais lugares na tirada. O holandês é também o dono da Camisola Vermelha Cofidis, símbolo da regularidade.
 
A fase final da etapa ficou marcada por algumas quedas, que partiram o pelotão, deixando atrasados três corredores portugueses que poderiam aspirar a posições cimeiras na geral: Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo), Edgar Pinto (Vito-Feirense-BlackJack) e Tiago Machado (Team Katusha Alpecin). O corredor famalicense foi o último classificado, depois de ter sido o mais afetado pela queda coletiva que aconteceu a 10 quilómetros da meta.
 
O holandês Sam Oomen (Team Sunweb) veste a Camisola Branca Águas do Algarve, que representa o identifica o melhor jovem da competição. A Quick-Step Floors comanda a tabela coletiva.
 
A segunda etapa, a disputar nesta quinta-feira, será o primeiro grande teste à condição física dos candidatos. A viagem terá 187,9 quilómetros, iniciando-se em Sagres, às 12h00, e terminando no alto da Fóia (montanha de primeira categoria), cerca das 17h00. A subida para a meta tem uma extensão de 15,2 quilómetros e uma inclinação média de 5,2 por cento.
 
Antes da subida para a Fóia, o pelotão vai encontrar outras quatro contagens de montanha: Monte Ruivo (4.ª cat. Km 50,8), Marmelete (3.ª cat. Km 71,2), Alferce (3.ª cat. Km 107) e Sapeira (3.ª cat. Km 123,4). Haverá ainda duas metas volantes, em Aljezur (Km 63,4) e em Portimão (Km 163,4). 
 
À partida para a etapa será entregue a Philippe Gilbert (Quick-Step Floors) o Prémio Prestígio 2018.
 
Classificações
1.ª Etapa: Albufeira - Lagos, 192,6 km
Geral Individual
1.º Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo), 4h47m58s (40,130 km/h)
2.º Arnaud Démare (FDJ), mt
3.º Hugo Hofstetter (Cofidis, Solutions Crédits), mt
4.º Timothy Dupont (Wanty-Groupe Gobert), mt
5.º Jurgen Roelandts (BMC Racing Team), mt
6.º John Degenkolb (Trek-Segafredo), mt
7.º Jens Keukeleire (Lotto Soudal), mt
8.º Matteo Pelucchi (Bora-hansgrohe), mt
9.º Yves Lampaert (Quick-Step-Floors), mt
10.º Luís Mendonça (Aviludo-Louletano-ULI), mt
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Rallye Casinos do Algarve recebe final do FIA European Rally Trophy



-

Portimão: Empresa Suiça e Clube Naval promovem turismo de Inverno



-

Loulé:Cofidis ofereceu esta terça-feira 24 bicicletas ao ciclismo de formação algarvio



-

Duplo Bronze para Olhão no Campeonato Nacional de Karaté



-

Canoagem:Campeonato Nacional de Esperanças juntou 600 atletas em Alcoutim



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Portimão:Bancária acusada de desviar dinheiro de clientes

Portimão:Bancária acusada de desviar dinheiro de clientes

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Polis Litoral Ria Formosa requalifica Culatra e reforça cordões dunares na Armona, Fuseta e Tavira

Polis Litoral Ria Formosa requalifica Culatra e reforça cordões dunares na Armona, Fuseta e Tavira

ver mais
 
Olhão:Conserveira do Sul “marca de perseverança e de resistência aos tempos”

Olhão:Conserveira do Sul “marca de perseverança e de resistência aos tempos”

ver mais
 
Ministro da Economia inaugura Espaço Empresa em Lagos

Ministro da Economia inaugura Espaço Empresa em Lagos

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio