siga-nos | seja fã
PUB
 

Estrias

Imprimir Partilhar por email
23-10-2013 - 16:28
Um dos problemas que mais afecta o sexo feminino, mas que igualmente incomoda os homens, as estrias são alterações nas fibras elásticas.
 
Basicamente, entende-se por estrias o rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermédia da pele, formada por colágeno e elastina, que são responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade. 
 
Grupos-alvo: 
 
Como já referimos acima, apesar das mulheres mostrarem mais relutância em relação ao surgimento de estrias, também os homens são alvo deste problema, bem como não existe uma idade específica para o seu aparecimento. 
 
As situações mais frequentes para o surgimento das estrias no sexo feminino situam-se na adolescência e, sobretudo na gravidez. Ao mesmo tempo, estas alterações podem acontecer logo na infância em ambos os sexos, ainda que sejam menos frequentes. 
 
Descrição: 
 
De um modo geral, a presença das estrias verifica-se nas mamas, quadris, culotes, coxas e nádegas, sendo de destacar o facto de que cerca de 90% das mulheres desenvolvem estrias durante a gravidez não sendo eficaz a prevenção na maioria dos casos. 
Refira-se que, estudos mostram que a ingestão de flúor interfere na síntese do colágeno. 
Causas: 
 
Existem variadas causas para o surgimento das estrias, sendo sempre de analisar o crescimento rápido, as alterações hormonais, o excesso de exercício físico, a gravidez, o ressequimento da pele, entre outros. 
 
Prevenção: 
 
Não sendo possível fazer um combate eficaz ás estrias, a prevenção pode dar uma pequena ajuda. Assim, a hidratação diária e intensiva pode beneficiar e atenuar o efeito das estrias. 
 
Para controlar o problema, é preciso repor substâncias que ajudam na reorganização do colágeno e elastina na pele, o que está na base do seu surgimento. 
 
Também é importante fazer a hidratação de todo o organismo, através do consumo adequado de água e outros líquidos. O recomendado é que se consuma de 2 a 3 litros diariamente, a menos que exista algum tipo de restrição ou outra indicação médica. 
 
Tratamento: 
 
No âmbito da cirurgia estética, existem algumas opções que, não eliminando as estrias na sua totalidade, podem contribuir para uma redução do aspecto das estrias. Assim, acredita-se que o laser é um tratamento moderno e de certa forma eficaz na redução das estrias. 
 
Refira-se ainda que, os tipos de laser utilizados para o tratamento de estrias têm afinidade pela água da pele e, ao atingi-la promovem a sua vaporização localizada, estimulando-a para que processe uma nova organização desse tecido afectado através da formação de novas fibras de colágeno e elastina. Um tipo muito utilizado é o Laser Fracionado de CO2, por promover uma grande melhoria, com poucos efeitos colaterais. 
 
Por outro lado, existe também a Dermoabrasão que consiste num tipo de lixamento da pele que, ao escoriar a pele, elimina uma boa parte da camada superficial. 
 
Este processo também estimula a cicatrização da pele, ajudando na produção de colágeno e elastina. 
 
O tratamento através de ácidos, consiste na aplicação de cremes ou géis à base de ácido retinóico ou alfa-hidroxi-ácidos (AHA) que aceleram a renovação celular e atua na formação de colágeno novo. 
 
ALipoaspiração é a solução em alguns casos, na medida em que a aspiração da gordura superficial na região onde não há estrias estimula a produção de colágeno da pele, melhorando a sua elasticidade. 
 
Para quem prefere o Peeling, é de anotar que se trata de um tratamento realizado através do lixamento da pele feito com o Skin Lifting, um aparelho italiano que promove um tipo de peeling profundo, ou dermoabrasão, devido à acção abrasiva de um jacto de microcristais de óxido de alumínio. 
 
O peeling elimina de forma suave e uniforme as camadas superficiais da epiderme promovendo a regeneração celular, resultando no surgimento de uma nova pele. 
 
Anote que, para efectuar qualquer um tipo de intervenção se deve informar muito bem acerca dos seus riscos, dos perigos e da forma mais adequada para o seu caso que pode muito bem incluir apenas uma boa hidratação diária e o consumo de água suficiente para reduzir o impacto das estrias. Seja cauteloso e procure um médico dermatologista antes de tomar uma decisão. 
 
Nota:Entenda este artigo como meramente informativo e um ponto de partida para melhorar a sua imagem e qualidade de vida, mas sempre com o aconselhamento médico.
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Envelhecimento



-

Ébola



-

Esquizofrenia



-

Epilepsia



-

Estrabismo



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Bolo-rei gigante de Olhão foi este ano oferecido "por opção"

Bolo-rei gigante de Olhão foi este ano oferecido "por opção"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Uber e Re-food convidam motoristas e utilizadores a juntar-se a causa solidária

Uber e Re-food convidam motoristas e utilizadores a juntar-se a causa solidária

ver mais
 
Seis arguidos acusados pelo Ministério Público por burla que rendeu mais de 800 mil euros

Seis arguidos acusados pelo Ministério Público por burla que rendeu mais de 800 mil euros

ver mais
 
Terceira edição das "Estátuas Vivas no Natal" atraiu muitos visitantes a Lagoa

Terceira edição das "Estátuas Vivas no Natal" atraiu muitos visitantes a Lagoa

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio