Sociedade

Executivo de São Brás de Alportel aprova moção que defende a construção de novas barragens no Algarve

O executivo municipal são-brasense aprovou hoje por unanimidade, uma moção em defesa da urgente construção de novas barragens no Algarve, nomeadamente a Barragem do Monte da Ribeira, no concelho de São Brás de Alportel.

 
Segundo defende o executivo camarário, «a construção desta nova albufeira irá contribuir para a resiliência do sistema hidráulico, além de ser uma medida de reforço da capacidade de armazenamento, assegurando as necessidades de água para consumo humano e para rega agrícola, sem prejuízo de outras opções complementares, como é o caso da barragem da Foupana, no concelho de Alcoutim, permitirá ainda assegurar a contenção de cheias em Tavira».
 
Num momento em que todos os concelhos do Algarve estão já em situação de seca severa, a autarquia considera «urgente proceder à construção de novas barragens».
 
A moção apresentada pelo Presidente da Câmara Municipal, Vitor Guerreiro, e aprovada por unanimidade, tem por base o Programa de Ação para as Alterações Climáticas aprovado em agosto, deste ano, pelo Governo Português, bem como o Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas da Comunidade Intermunicipal do Algarve que aponta para a necessidade de aumentar as disponibilidades hídricas no Algarve e a reavaliação da viabilidade de construção de novas barragens, entre as quais a Barragem de Alportel, cujo projeto inicial remonta a 1981, mas que o Município quer ver realizado. A moção está fundamentada no Relatório Especial “Global Warming of 1.5ºC” das Nações Unidas e em diversos estudos apresentados pela comunidade científica, que alertam para as alterações climáticas que estão a ocorrer a nível planetário e para as suas implicações e riscos futuros.
 
A moção será remetida para a Assembleia Municipal, para diversas entidades competentes e para o Governo Português.