Desporto

Farense e Portimonense afastados da Taça da Liga

 
Os dois emblemas algarvios foram derrotados esta tarde, e já não seguem para a fase de grupos.

O Santa Clara, da I Liga, apurou-se hoje para a fase de grupos da Taça da Liga de futebol, ao bater o Farense (II Liga) por 3-0, no desempate por grandes penalidades, depois do ‘nulo’ nos 90 minutos.
 
No jogo da segunda eliminatória da competição, a equipa algarvia - apoiada por mais de 450 espetadores no regresso dos adeptos ao São Luís - dispôs das oportunidades mais claras ao longo da partida, mas mostrou-se ineficaz, panorama que se repetiu na marcação das grandes penalidades, falhando as suas três tentativas perante a eficácia açoriana.
 
O Farense entrou em campo com dois reforços, Gut e Vasco Lopes, enquanto o Santa Clara apresentou seis novidades face ao ‘onze’ utilizado na vitória de quinta-feira (2-0) sobre o FC Shkupi (Macedónia do Norte), em jogo da segunda mão da segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa.
 
Foto: SC Farense
 
A primeira parte foi movimentada, em ritmo de parada e resposta, com a equipa despromovida à II Liga a tentar afirmar-se com futebol positivo perante um ligeiro melhor arranque do ‘europeu’ Santa Clara.
 
Costinha (10 minutos) e Jean Patric (17) ameaçaram com remates de fora da área, enquanto o Farense desperdiçou três boas ocasiões, ambas dentro da área, mas sem obrigar o guardião Ricardo Fernandes a trabalho aturado.
 
Na segunda parte, o ritmo de jogo baixou consideravelmente, mas o conjunto do escalão secundário voltou a estar mais perto do golo, nomeadamente nas oportunidades de Pedro Henrique (84), para grande defesa de Ricardo Fernandes, e Elves Baldé (88), ao poste.
 
No desempate por grandes penalidades, o Santa Clara marcou nas suas três tentativas, enquanto, nos algarvios, Gut e Elves Baldé acertaram na trave e Amine permitiu a defesa do guardião adversário.
 
Os açorianos defrontam já na próxima quinta-feira o Olimpija Ljubljana, da Eslovénia, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, enquanto os algarvios estreiam-se na II Liga com a deslocação ao terreno do Leixões (10 de agosto).
 
Outro clube algarvio que entrou hoje em campo foi o Portimonense, tendo perdido frente ao Boavista, por duas bolas a zero.
 
Numa noite chuvosa no Estádio do Bessa, que voltou a ter público ao fim de 17 meses, Tiago Morais ‘bisou’, aos oito e 73 minutos, superando João Vieira Pinto (18 anos e 21 dias) como o mais novo de sempre (17 anos e 332 dias) a marcar pelos ‘axadrezados’.
 
Em pleno dia de comemoração do 118.º aniversário, e uma semana após ter eliminado o Marítimo (1-0), o Boavista alcançou a fase de grupos da Taça da Liga pela segunda vez em nove presenças.
 
Já o Portimonense, que tinha vencido a Académica, da divisão inferior, na ronda anterior (2-1), ficou cedo arredado da competição profissional mais jovem do futebol nacional, na qual foi semifinalista em 2015/16, a uma semana do início da edição 2021/22 da I Liga.
 
Foto:Portimonense SC
 
Os anfitriões entraram enérgicos e celebraram aos oito minutos, quando Ricardo Mangas descobriu na esquerda Yusupha, que cruzou rasteiro para uma emenda em esforço de Tiago Morais ao segundo poste, contrariando o equilíbrio dominante na primeira parte.
 
Em fase de afinação de plantéis e rotinas, as duas equipas mostraram poucas soluções para desequilibrar no último terço, tirando uma investida algarvia aos 28 minutos, com Rafael Bracali a antecipar-se a um passe em rutura de Carlinhos para Renato Júnior.
 
O Portimonense, que teve o treinador Paulo Sérgio a cumprir castigo, tentou acelerar a circulação de bola no reatamento, mas mostrou-se inofensivo perante a coesão de um Boavista repleto de juventude, impedido de inscrever reforços e com figuras ausentes.
 
Sem sobressaltos defensivos, o conjunto de João Pedro Sousa fechou as contas aos 73 minutos, com Tiago Morais, livre de marcação, a aproveitar o desvio imperfeito de Willyan a um cruzamento do canhoto Yanis Hamache para bater novamente Samuel Portugal.
 
Algarve Primeiro/Lusa