Sociedade

Faro:Turma do secundário fica de quarentena depois de caso positivo de covid.19

 
Foi na quarta-feira que o alarme soou. Duas estudantes da Escola Secundária Pinheiro e Rosa, irmãs, poderiam estar infetadas com o novo coronavírus.

Segundo descreve o "Observador", os resultados dos testes chegaram ontem ao agrupamento de Faro, com um caso positivo e um negativo. 
 
As duas alunas já não voltaram à escola e a turma da estudante infetada foi enviada para casa, de quarentena profilática. Os professores daquele grupo de alunos mantêm-se na escola, já que usam máscara em permanência e mantém uma distância de dois metros dos jovens, lê-se na mesma notícia.
 
Francisco Soares diretor do agrupamento Pinheiro e Rosa, disse ao jornal, que não crê que haja mais nenhum contágio. Recorde-se que esta é a segunda vez que aquela escola, tem registo de covid, depois de em junho ter encerrado com três assistentes operacionais infetadas.
 
O diretor do agrupamento refere que está ativar o ensino à distância para os alunos que foram para casa, seguindo todos os protocolos da Direção Geral de Saúde.
 
O "Observador" adianta que os alunos estão à espera pelo contacto do delegado de saúde, para seguirem a estratégia de "quem deve ou não fazer testes para saber se foi infetado depois de avaliar a rede de contactos próximos", detalhou o diretor. Lembrou ainda o facto de os alunos do secundário usarem máscara, além da escola ter regras de segurança apertadas, "o que o leva a crer que não terá havido contágios entre a comunidade educativa. Também por isso, foi decidido não ser necessário enviar os professores para casa já que as regras de segurança foram sempre cumpridas", acrescentou.