Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Gosta de alguém ou quer ter alguém?
Imprimir Partilhar por email
A questão é fácil de colocar, mas nem sempre simples de responder, na medida em que, em alguns casos, parecemos confundir estes dois verbos.
 
Na realidade, quanto mais esclarecidos formos, melhor nos corre a vida e mais prazer retiramos das situações. Se eu souber descodificar os meus sentimentos, então estarei mais livre e disponível para que os momentos me sejam mais gratificantes.
 
De acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, gostar é um sentimento agradável que sentimos por algo ou alguém. É algo de prazeroso que naturalmente nos permite uma sensação positiva.
 
No caso do querer, este refere-se muito mais ao precisar, ao cobiçar e ao ter vontade de ter algo ou alguém.
 
Enquanto que o gostar está ligado ao sentir afeto, o querer refere-se em grande medida ao querer possuir alguma coisa ou alguém.
 
De certo que o leitor já percebeu que, gostar de algo ou de alguém, não é a mesma coisa que o querer ter, mas apesar de ser mais fácil utilizar esta comparação com objetos, ainda é muito comum que a usemos para as pessoas e para os prazeres da vida, o que nem sempre nos liberta para as boas sensações.
 
Se eu for a uma festa porque gosto de estar com aquelas pessoas e de conversar com elas, sinto muito prazer nessa situação. Se pelo contrário, for ao mesmo evento porque quero ver quem lá está, acabo por me sentir frustrada com a escolha que fiz, pois em pouco tempo tenho a sensação de que nada faço ali. Já vi quem estava e fiquei com a curiosidade satisfeita, o restante tempo é um desperdício de energia.
 
Com este exemplo pretendo mostrar que, a felicidade reside essencialmente na forma como pensamos e tomamos as nossas decisões. Se me quero ficar pelo simples querer de algo, assim que tenho essa necessidade satisfeita perco o interesse. Se opto por libertar o sentir, consigo prolongar essa sensação positiva durante mais tempo e repeti-la sempre que se proporcionar.
 
Temos o exemplo de gostar de alguém e de querer ter alguém. Se gostar, alimento esse meu lado emocional e positivo e sou capaz de desfrutar de boas sensações. Se me satisfaço com o simples facto de ter alguém ao meu lado, em pouco tempo perco o prazer em estar com essa pessoa e não consigo ter muitos momentos de felicidade.
 
O sentimento renova-se e o querer implica estar sempre à procura de novos interesses por ser mais efémero.
 
Se repararmos no sexo por querer uma satisfação momentânea, rapidamente a descompressão acontece e pouco nos fica de vontade para voltar a ter o mesmo ato mecânico com aquela pessoa. Podemos escolher outra e sabemos que o prazer será o mesmo. Se sentimos amor, se gostamos daquela pessoa, naturalmente que vamos ter muito mais interesse em repetir o ato com ela e de sermos criativos. Ao sentimento inicial vamos juntando outros como a criatividade, a maior disponibilidade, a maior capacidade de entrega. Somam-se os sentimentos que acrescentam a relação, enquanto que o querer é rápido e instantâneo.
 
Depois deste apontamento acredito que seja mais fácil para o leitor encontrar mais momentos de felicidade e de prazer, sobretudo porque se conhece melhor a si mesmo, porque consegue avaliar a importância de cada momento na sua vida e fazer escolhas mais inteligentes e direcionadas ao que pretende para si.
 
Fátima Fernandes
 
COMENTÁRIOS
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(86725)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(36577)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(17199)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(13160)

Não podemos viver sem amor

(11641)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10212)

A mentira: um mal necessário

(8778)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(8582)

Idade não traduz maturidade

(8290)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(7864)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(7820)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(7052)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5343)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5333)

É Demissexual?

(5025)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(4994)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(4794)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4407)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4351)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4310)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(4307)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4154)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(4149)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4133)

A “ciência” do aperto de mão

(4103)

O poder das ervas aromáticas

(4085)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(3939)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(3899)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(3833)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(3790)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(3776)

A família é a base do sucesso escolar

(3772)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(3771)

Descubra “o poder curativo” da praia

(3727)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(3715)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(3711)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(3708)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(3686)

Oito “segredos” para ser bom pai

(3613)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3562)

O que muda na mulher aos 40?

(3560)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3523)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3429)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3336)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3309)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3283)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3273)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3249)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3236)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3234)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

António Miguel Pina responde a comunicado da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 Réveillon de Faro ao som dos “Melomeno Rítmica” e dos DJs “Bubba Brothers”

Réveillon de Faro ao som dos “Melomeno Rítmica” e dos DJs “Bubba Brothers”

ver mais
 
Município de Loulé e ARS Algarve esclarecem utentes da Extensão de Saúde de Boliqueime

Município de Loulé e ARS Algarve esclarecem utentes da Extensão de Saúde de Boliqueime

ver mais
 
"Novo" Parque de Campismo da Praia de Faro já tem regulamento aprovado

"Novo" Parque de Campismo da Praia de Faro já tem regulamento aprovado

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio