Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Grupo hoteleiro deixa centenas de trabalhadores com salários em atraso no Algarve - BE

Grupo hoteleiro deixa centenas de trabalhadores com salários em atraso no Algarve - BE
Imprimir Partilhar por email
30-05-2020 - 09:39
O grupo hoteleiro internacional de luxo, JJW Hotels & Resorts, que em Portugal detém o Hotel Penina & Golf Resort (Alvor), o Hotel Dona Filipa (Vale de Lobo), o Hotel Formosa Park (Ancão) e os campos de golfe de San Lorenzo e Pinheiros Altos (Quinta do Lago), ainda não pagou o salário do mês de abril a cerca de 500 trabalhadores e, mesmo o salário de março, não foi pago a todos, diz o Bloco de Esquerda Algarve.
 
Em comunicado o partido fala de uma situação que "já se arrastava antes do início da pandemia da Covid-19, em que o grupo hoteleiro já sofria de atrasos no pagamento dos salários aos seus colaboradores". Um problema agora agravado, segundo o Bloco, com a crise provocada pela pandemia da Covid-19, "o que fez com que alguns trabalhadores do grupo passassem fome, levando à reabertura do refeitório do Hotel Penina & Golf Resort, em Alvor, para que algumas pessoas tivessem acesso às refeições".
 
O BE adianta que esta situação tem a ver com os salários que não estão a ser pagos aos trabalhadores de um grupo hoteleiro detido por Mohamed Bin Issa Al Jaber,"que em 2013 era apontado pelo Revista Forbes como uma das pessoas mais ricas do mundo", pelo que já foram realizadas manifestações à porta de um dos filhos dos proprietários do grupo, que reside no Algarve. 
 
No passado dia 23 de maio, quando estava marcada mais uma manifestação dos trabalhadores, o Bloco explica que a Administração do Grupo convocou uma reunião onde prometeu pagar os salários em atraso, tendo pago a alguns trabalhadores uma parte dos salário de abril, esta sexta-feira dia 29. Para o próximo dia 1 de junho - de acordo com a mesma fonte, está prevista mais uma manifestação dos trabalhadores junto ao campo de golfe "Pinheiros Altos". E caso os salários em atraso não sejam pagos os trabalhadores do grupo hoteleiro entarão em greve no dia 4 de junho, quando está prevista a reabertura das unidades hoteleiras.
 
Para os bloquistas, esta situação é "inadmissível", apelando ao Governo para que intervenha "com urgência" para que o grupo hoteleiro pague os salários devidos aos trabalhadores, "limitando o agravamento da situação social no Algarve, uma região que depende em mais de 80% do turismo".
 
É desta forma que os deputados João Vasconcelos, José Soeiro e Isabel Pires, do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, dirigiram ao Governo (nesta sexta-feira), através do Ministério do Trabalho e da Segurança Social, as seguintes perguntas:
 
Tem o Governo conhecimento da situação acima descrita?
Vai o Governo intervir para obrigar o Grupo JJW Hotels & Resorts a pagar com urgência os salários em atraso aos seus trabalhadores?
Que medidas prevê o Governo tomar para auxiliar os trabalhadores do grupo hoteleiro se continuarem com os salários em atraso?
 
 
 
 
PUB
 
MAIS LIDA AGORA
Covid.19:Algarve sobe aos 632 casos (saiba quantos por concelho)

Covid.19:Algarve sobe aos 632 casos (saiba quantos por concelho)

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ombria Resort promove webinar “Porquê e onde investir em imobiliário residencial no pós Covid-19”

Ombria Resort promove webinar “Porquê e onde investir em imobiliário residencial no pós Covid-19”

ver mais
 
PAN recomenda à autarquia que transforme Praça de Touros de Albufeira num espaço "polivalente"

PAN recomenda à autarquia que transforme Praça de Touros de Albufeira num espaço "polivalente"

ver mais
 
"Sem Título (mas uma coisa diferente)" inaugura amanhã no IPDJ em Faro

"Sem Título (mas uma coisa diferente)" inaugura amanhã no IPDJ em Faro

ver mais
 
 
 
 
Alô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio