112

Homem de 75 anos morre na praia de Quarteira depois de entrar em paragem cardiorrespiratória

 
Um homem de 75 anos morreu no sábado na praia de Quarteira, depois de entrar em paragem cardiorrespiratória, suspeitando as autoridades que se “sentiu mal na água”, informou hoje a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Segundo um comunicado, a vítima foi “retirada da água pelo nadador-salvador de serviço na praia, com o apoio de populares, tendo sido prontamente auxiliada por um médico que se encontrava no local, que iniciou as manobras de reanimação, até à chegada do INEM”.
 
Entretanto, o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa) tinha recebido um alerta cerca das 17:30 de sábado a informar para a presença de um homem em paragem cardiorrespiratória na praia de Quarteira, tendo sido “ativados de imediato” para o local elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Faro, bem como elementos do INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) e da Cruz Vermelha Portuguesa.
 
A autoridade marítima explica que após várias tentativas de reanimação, “não foi possível reverter a situação”, tendo o óbito sido declarado no local pelo médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do INEM.
 
O Ministério Público foi notificado da ocorrência, tendo o corpo sido posteriormente transportado pelos elementos da Cruz Vermelha Portuguesa para o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses de Faro.
 
“O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima foi ativado e encontra-se a prestar apoio aos familiares da vítima”, afirma o comunicado, acrescentando que o Comando-local da Polícia Marítima de Faro tomou conta da ocorrência.
 
Lusa