Loulé

Jamila Madeira

Jamila Bárbara Madeira e Madeira, é natural de Alte, concelho de Loulé e nasceu a 17 de julho de 1975.

 
O seu percurso tem sido dedicado à Economia e à Política, as duas áreas em que mais tem investido em termos pessoais e profissionais.
 
É licenciada em Economia no Instituto Superior de Economia e Gestão, desde 1997. Desempenhou funções associativas na Associação de Estudantes do Instituto Superior de Economia e Gestão no mandato de 1994/1995 e, durante dois anos (entre 1994 e 1996), foi membro discente do Senado da Universidade Técnica de Lisboa. Do seu currículo académico é de realçar a frequência de uma pós-graduação em Corporate Finance no CEMAF/INDEG.
 
Em 1994, foi eleita Comissária Nacional da Juventude Socialista (cargo que abandona em 2004) e, no ano seguinte, ocupou o cargo de presidente da Mesa da Comissão Política Concelhia da JS/Loulé até 1997, ano em que foi eleita Membro da Comissão Política Distrital da JS/Algarve (cargo que abandonou em 2005) e Membro da Comissão Política Distrital do PS/Algarve. Foi ainda deputada na assembleia municipal de Loulé, tendo sido, nas eleições autárquicas de 2009, candidata a Presidente da Assembleia Municipal de Loulé contra o presidente em funções pelo PSD, Mário Patinha Antão.
 
Entre 1994 e 2000 foi eleita para a Comissão Política Nacional da Juventude Socialista e Secretária Nacional da Juventude Socialista, com a pasta das Relações Internacionais. Nessa qualidade, foi eleita Vice-Presidente da União Internacional de Juventudes Socialistas e membro do Bureau da Organização Europeia de Juventudes Socialistas.
 
Em 1997, foi Quadro da Rede Eléctrica Nacional (REN), tendo suspendido funções em 2009, por motivos políticos. Na altura, exercia funções como economista do quadro permanente da Direção de Planeamento do Sistema Produtor da REN, tendo antes pertencido ao planeamento económico da EDP.
 
Em maio de 2000, no XII Congresso da Juventude Socialista, foi eleita para o seu primeiro mandato como Secretária-Geral da Juventude Socialista. No ano anterior, em outubro de 1999, tinha sido eleita deputada para a Assembleia da República pelo círculo eleitoral de Faro, cargo que decorreu de ser Comissária Política Nacional do Partido Socialista e Comissária Nacional do PS (cargos que abandonou em 2004).
 
Em 2001, foi membro, por inerência do cargo, da Comissão Política Nacional de recandidatura de Jorge Sampaio a Presidente da República.
 
Jamila Madeira foi reeleita para um segundo mandato no XIII Congresso da Juventude Socialista, até julho de 2004. Nesse mesmo ano, voltou a ser Deputada na IX Legislatura, cargo que renunciou para assumir o mandato de deputada, para que foi eleita pelo PS nas eleições desse ano para o Parlamento Europeu.
 
Entre 2013 e 2016, foi Diretora para a Agenda Europeia de Energia da REN, tendo suspendido novamente funções para assumir o mandato de deputada à Assembleia da República.
 
Nas eleições legislativas de 2019, foi eleita deputada à Assembleia da República pelo PS, (círculo eleitoral de Faro), e nomeada Secretária de Estado Adjunta da Saúde no segundo Governo de António Costa.
(+) Loulé

Solange Coelho

José Carlos Fernandes

Dino D´Santiago

Casimiro de Brito

João Palma