Economia

Lagos avança com obras de renovação de infraestruturas e valorização urbana da Avenida Cabo Bojador

 
A Câmara Municipal aprovou, na sua última reunião, o projeto de substituição da rede de abastecimento de água e das redes de drenagem de águas residuais domésticas e pluviais na Avenida Cabo Bojador, em Lagos, assim como a abertura de concurso tendo em vista a execução da respetiva empreitada.

 
Em nota de imprensa, o Município faz saber que, a intervenção, a desenvolver numa avenida, "situada na zona de expansão urbana consolidada da cidade com forte componente habitacional, de comércio e serviços", consiste na substituição das redes de saneamento e de abastecimento de água, integrando também a subsequente pavimentação da via e o tratamento paisagístico das áreas envolventes.
 
Ao nível paisagístico, a autarquia explica que o projeto prevê: a reorganização dos espaços; a criação de passeios com espaço de circulação livre e contínuo; a melhoria da acessibilidade (com colocação de pavimento tátil e rebaixamento de lancis nas zonas de passadeiras); a substituição das espécies arbóreas existentes por árvores mais adequadas às características e usos do espaço, sendo igualmente reequacionada a localização das mesmas; a criação de faixas de vegetação para separar a zona pedonal das faixas de circulação automóvel; a instalação de mobiliário urbano (bancos, papeleiras e outros) e a relocalização de sinalética. Proporcionar uma maior fluidez da circulação pedonal, com aumento de mobilidade e segurança, é um dos objetivos da intervenção à superfície, que visa também criar uma imagem estética mais unificada e moderna ao longo desta artéria urbana, sublinha a mesma fonte.
 
A empreitada a lançar tem um preço base de 760 mil euros (acrescido de IVA) e um prazo de execução de 180 dias, concluiu.