Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Lagos irá arrecadar 1,5 milhão de euros por ano com a Taxa Municipal Turística

Lagos irá arrecadar 1,5 milhão de euros por ano com a Taxa Municipal Turística
Imprimir Partilhar por email
11-01-2019 - 17:18
A introdução da taxa municipal turística visa, imputar ao turista uma parte dos custos que os Municípios suportam com e durante a sua estada.
 
Na discussão do assunto durante a reunião do Executivo lacobrigense, e em resposta às dúvidas e questões levantadas pela Vereação, a autarca Maria Joaquina Matos afirmou não ter dúvidas quanto à "bondade da proposta" de criar a Taxa Municipal Turística, uma vez que “os encargos dos municípios com as despesas inerentes ao reforço dos dispositivos, necessário para dar resposta à crescente afluência de visitantes, são cada vez mais elevados, sendo de justiça que esse reforço seja parcialmente suportado por quem nos visita e não apenas pelo orçamento municipal, ou seja, pelos residentes.”
 
Quanto à ideia de aplicar parte da receita - que venha a ser obtida com a cobrança da nova taxa - a Presidente da Câmara sublinhou que, não obstante a inexistência formal de uma região administrativa, existe um espírito de colaboração entre os autarcas da região que permite encarar a possibilidade de implementação de projetos estruturantes que a todos beneficiem, quer para suprir a ausência de investimento por parte do governo central em algumas áreas, quer para tornar a região mais competitiva em termos turísticos.
 
A decisão de constituir um grupo de trabalho e de avançar com o procedimento administrativo de elaboração deste novo Regulamento Municipal foi tomada na primeira reunião de Câmara de 2019 e tem como objetivo a criação e implementação da Taxa Turística, diz nota de imprensa enviada hoje à comunicação social.
 
Uma deliberação que surge também na sequência da decisão dos Municípios Algarvios, em sede de reunião da AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve, de avançarem, de forma concertada, com a criação da Taxa Municipal Turística na região, à semelhança do que já acontece em Lisboa e no Porto, mas cuja implementação carece de ser aprovada e operacionalizada por cada um dos municípios que a integram, designadamente através da elaboração e aprovação de regulamentos municipais que confiram o devido suporte legal à cobrança desta nova taxa.
 
Segundo adianta a mesma nota a avaliação do impacto da Taxa Municipal de Turismo, assim como a proposta orientadora para a elaboração dos regulamentos, foram desenvolvidas pela própria AMAL, cabendo agora a cada município fundamentar a criação da taxa, de acordo com: a sua realidade e especificidades; os motivos que o levam a adotar esta solução; e as contrapartidas/serviços a que os particulares terão direito pelo pagamento da taxa em causa, uma vez que se trata de uma taxa e não de um imposto. 
 
Recorde-se que em cima da mesa está a proposta, consensualizada em sede da AMAL, de se adotar os seguintes termos e condições: fixar o valor da taxa municipal turística em 1,5€ por hóspede e dormida, a cobrar nas primeiras sete noites de estada consecutivos e apenas durante os meses de março a outubro de cada ano, isentando-se crianças e jovens até aos 12 anos. 
 
Segundo o estudo elaborado pela referida entidade, relativamente à estimativa das receitas da Taxa Turística por município, este cenário permitirá ao Município de Lagos arrecadar uma verba de aproximadamente 1 milhão e meio de euros por ano (1.456.076,00€).
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

CCDR revela projetos com declaração de impacte ambiental no Algarve sujeitos a auditorias



-

Cresc Algarve 2020 abre candidaturas ao ensino com prioridade à inclusão ativa



-

Câmara Municipal delibera iniciar procedimento de suspensão do PDM de Silves



-

Câmara de Albufeira lança concurso para adquirir 6 veículos ligeiros não poluentes



-

NERA, AMAL e CCDR Algarve lançam projeto que visa revitalizar áreas empresariais da região



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Golfinhos encurralados na Ria Formosa salvos a tempo

Golfinhos encurralados na Ria Formosa salvos a tempo

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Incêndios:Fuzileiros patrulham zonas rurais do Algarve

Incêndios:Fuzileiros patrulham zonas rurais do Algarve

ver mais
 
VRSA:Novo trabalho de Fernando Pessanha apresentado no Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes

VRSA:Novo trabalho de Fernando Pessanha apresentado no Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes

ver mais
 
Exposição em Loulé com “O Homem que só queria ser Tóssan”

Exposição em Loulé com “O Homem que só queria ser Tóssan”

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio