siga-nos | seja fã
PUB
 

Luís Graça lamenta instrumentalização da saúde no Algarve em disputa interna do PSD

Luís Graça lamenta instrumentalização da saúde no Algarve em disputa interna do PSD
Imprimir Partilhar por email
11-01-2018 - 21:57
Luís Graça, deputado socialista eleito pelo Algarve, criticou hoje as declarações do presidente da Região de Turismo do Algarve.
 
O parlamentar lamentou que questões partidárias se misturem com a vida das instituições. “As eleições internas do PSD, sem dúvida muito importantes, não devem interferir na condução dos assuntos da coisa pública”, afirmou o parlamentar.
 
“O presidente da Região de Turismo do Algarve, apoiante entusiasta da candidatura do Dr. Rui Rio à presidência do PSD decidiu hoje dar sinal de vida para chamar a atenção dos seus companheiros de partido para as eleições do PSD e para o seu candidato emitindo recados públicos ao Governo”, defendeu Luís Graça, a propósito da carta enviada por Desidério Silva ao ministro da Saúde.
 
O algarvio lembrou ainda que “a saúde no Algarve foi vítima de um ataque sem quartel durante os anos de 2011 e 2015 pelo Governo PSD / CDS-PP que irá levar, infelizmente, muitos anos a reverter” e condenou a falta de memória de quem só agora acordou para estas matérias. “Desinvestimento, falta de renovação e manutenção de equipamentos, saída de profissionais, conflitualidade interna foram a marca da gestão do PSD de que que o atual presidente do Turismo do Algarve foi dirigente nacional”, reavivou.
 
“Não aceitamos que nenhum dirigente público ceda ao jogo partidário aproveitando-se das notícias do dia sem antes tentar inteirar-se e conhecer o que está em curso realizar na melhoria das respostas de saúde no Algarve
 
Luís Graça acredita que “a reconstrução do Serviço Nacional de Saúde no Algarve é algo que deve unir todas as forças políticas ao esforço diário dos profissionais de saúde, médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico, auxiliares e gestores, que lutam diariamente com carências e dificuldades acumuladas durante vários anos”.
 
Garantiu ainda que o PS tem bem consciência “que é preciso mais investimento e medidas excecionais para a atração e fixação de médicos”, mas assegurou que o partido “não aceita que nenhum dirigente público ceda ao jogo partidário aproveitando-se das notícias do dia sem antes tentar inteirar-se e conhecer o que está em curso realizar na melhoria das respostas de saúde no Algarve”.
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

PS Tavira e de Faro assinalam 25 de Abril



-

Deputados do Algarve saúdam Governo por priorizar Hospital do Algarve



-

PCP quer saber futuro de 32 bolseiros de investigação da Ualg



-

Parlamento aprovou projeto do CDS para que Governo tome medidas contra erosão da costa Algarvia



-

Assembleia Municipal de Olhão vota por unanimidade moção para eliminar portagens e requalificar EN125



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Algarve tem nova praia a "Verdelago"

Algarve tem nova praia a "Verdelago"

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cristovão Norte diz que Primeiro-Ministro falta "flagrantemente à verdade" a respeito do Hospital Central do Algarve

Cristovão Norte diz que Primeiro-Ministro falta "flagrantemente à verdade" a respeito do Hospital Central do Algarve

ver mais
 
Faro dá início a consulta pública sobre "NDT" para 1030 camas

Faro dá início a consulta pública sobre "NDT" para 1030 camas

ver mais
 
Silves acolhe XI Concurso de Vinhos e 2ª edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve

Silves acolhe XI Concurso de Vinhos e 2ª edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio