siga-nos | seja fã
PUB
 

Mau Tempo:Missão humanitária ultrapassada em Faro

Mau Tempo:Missão humanitária ultrapassada em Faro
Imprimir Partilhar por email
13-03-2018 - 19:14
A autarquia deixou um agradecimento público pela "generosidade, compromisso, solidariedade, espírito de missão e voluntariado que todos demonstraram".
 
No momento em que já terminou a missão humanitária de emergência que, por força do mau tempo, foi levada a efeito no Pavilhão Municipal da Penha em Faro, abrigando cerca de pessoas de uma comunidade cigana, que ficou desalojada desde o passado dia 4 de Março, a autarquia saudou hoje todos os intervenientes que ajudaram a ultrapassar as dificuldades que surgiram por estes dias.
 
Sobretudo, a autarquia deixou um agradecimento público pela "generosidade, compromisso, solidariedade, espírito de missão e voluntariado que todos demonstraram no desempenho da missão de ajudar quem mais precisou, respondendo afirmativamente à mobilização suscitada". 
 
A edilidade diz ter sido um motivo de orgulho ao poder contar com a colaboração do Departamento de Ação Social e Educação, da Divisão de Desporto e do Departamento de Infraestruturas e Urbanismo da Câmara Municipal de Faro que, juntamente com a Proteção Civil, os Bombeiros Sapadores de Faro, a Associação Humanitária de Bombeiros de Faro – “Cruz Lusa”, a Delegação de Faro/Loulé da Cruz Vermelha Portuguesa, a AAPACDM – Projeto FLICC, o CASA - Centro de Apoio aos Sem-Abrigo, a Santa Casa da Misericórdia de Faro, a AIPAR – Casa de Proteção à Rapariga, a Polícia de Segurança Pública, o Motoclube de Faro, o Grupo Folclórico de Faro e o CHUA – Centro Hospitalar Universitário do Algarve, que facultou o acolhimento provisório das 16h00 às 22h00 no dia 04 de março, tornaram possível o sucesso desta missão humanitária.
 
A autarquia deixa ainda uma palavra para a União de Freguesias de Faro (Sé e São Pedro) e para a Junta de Freguesia de Montenegro, "cujas equipas foram também uma presença constante e imprescindível neste período de exceção que acabámos de ultrapassar".
 
Aos clubes, atletas, famílias e demais utentes do Pavilhão Municipal da Penha, que se viram impedidos e/ou condicionados na prática das suas modalidades, o Município faz também "público reconhecimento pela boa compreensão demonstrada, deixando a certeza de que, muito em breve, toda a atividade será retomada com as condições necessárias para uma boa e saudável prática desportiva".
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Faro:Escola Secundária João de Deus recebe 1ª edição “Escola Amiga da Criança”



-

Terras do Infante "ganham" local estratégico para operações de prevenção e combate a incêndios florestais



-

PALP quer saber com o que conta junto do novo Secretário de Estado da Energia



-

Loulé:Revista Al-Úlyá assinala 25 anos de existência



-

Linhas Cruzadas - Fio da memória #3 Construir na Ermida de Nª Sra de Guadalupe



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Faro:Escola Secundária João de Deus recebe 1ª edição “Escola Amiga da Criança”

Faro:Escola Secundária João de Deus recebe 1ª edição “Escola Amiga da Criança”

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Taça de Portugal Placard:Das cinco equipas algarvias só uma passa na eliminatória

Taça de Portugal Placard:Das cinco equipas algarvias só uma passa na eliminatória

ver mais
 
Andrew Henriques do BTT Loulé/Elevis conquista Taça de XCM

Andrew Henriques do BTT Loulé/Elevis conquista Taça de XCM

ver mais
 
Faro:Escola Secundária João de Deus recebe 1ª edição “Escola Amiga da Criança”

Faro:Escola Secundária João de Deus recebe 1ª edição “Escola Amiga da Criança”

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio