siga-nos | seja fã
PUB
 

Mau Tempo:Missão humanitária ultrapassada em Faro

Mau Tempo:Missão humanitária ultrapassada em Faro
Imprimir Partilhar por email
13-03-2018 - 19:14
A autarquia deixou um agradecimento público pela "generosidade, compromisso, solidariedade, espírito de missão e voluntariado que todos demonstraram".
 
No momento em que já terminou a missão humanitária de emergência que, por força do mau tempo, foi levada a efeito no Pavilhão Municipal da Penha em Faro, abrigando cerca de pessoas de uma comunidade cigana, que ficou desalojada desde o passado dia 4 de Março, a autarquia saudou hoje todos os intervenientes que ajudaram a ultrapassar as dificuldades que surgiram por estes dias.
 
Sobretudo, a autarquia deixou um agradecimento público pela "generosidade, compromisso, solidariedade, espírito de missão e voluntariado que todos demonstraram no desempenho da missão de ajudar quem mais precisou, respondendo afirmativamente à mobilização suscitada". 
 
A edilidade diz ter sido um motivo de orgulho ao poder contar com a colaboração do Departamento de Ação Social e Educação, da Divisão de Desporto e do Departamento de Infraestruturas e Urbanismo da Câmara Municipal de Faro que, juntamente com a Proteção Civil, os Bombeiros Sapadores de Faro, a Associação Humanitária de Bombeiros de Faro – “Cruz Lusa”, a Delegação de Faro/Loulé da Cruz Vermelha Portuguesa, a AAPACDM – Projeto FLICC, o CASA - Centro de Apoio aos Sem-Abrigo, a Santa Casa da Misericórdia de Faro, a AIPAR – Casa de Proteção à Rapariga, a Polícia de Segurança Pública, o Motoclube de Faro, o Grupo Folclórico de Faro e o CHUA – Centro Hospitalar Universitário do Algarve, que facultou o acolhimento provisório das 16h00 às 22h00 no dia 04 de março, tornaram possível o sucesso desta missão humanitária.
 
A autarquia deixa ainda uma palavra para a União de Freguesias de Faro (Sé e São Pedro) e para a Junta de Freguesia de Montenegro, "cujas equipas foram também uma presença constante e imprescindível neste período de exceção que acabámos de ultrapassar".
 
Aos clubes, atletas, famílias e demais utentes do Pavilhão Municipal da Penha, que se viram impedidos e/ou condicionados na prática das suas modalidades, o Município faz também "público reconhecimento pela boa compreensão demonstrada, deixando a certeza de que, muito em breve, toda a atividade será retomada com as condições necessárias para uma boa e saudável prática desportiva".
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Câmara homenageia Rancho Folclórico do Calvário com esculturas de Teresa Paulino



-

Festival de Curtas-Metragens de Faro recebeu 3 mil propostas de todo o mundo



-

Dois Ministros e dois Secretários de Estado em Monchique e Silves na segunda-feira



-

S. Brás de Alportel: Projeto-Piloto vai monitorizar consumo de água na zona serrana



-

Castro Marim:Antonio Rey em Serenata de Homenagem a Paco de Lucía



PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Câmara de Monchique lança projeto "único" para dar qualidade de vida a gatos

Câmara de Monchique lança projeto "único" para dar qualidade de vida a gatos

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Câmara homenageia Rancho Folclórico do Calvário com esculturas de Teresa Paulino

Câmara homenageia Rancho Folclórico do Calvário com esculturas de Teresa Paulino

ver mais
 
Festival de Curtas-Metragens de Faro recebeu 3 mil propostas de todo o mundo

Festival de Curtas-Metragens de Faro recebeu 3 mil propostas de todo o mundo

ver mais
 
Dois Ministros e dois Secretários de Estado em Monchique e Silves na segunda-feira

Dois Ministros e dois Secretários de Estado em Monchique e Silves na segunda-feira

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio