Sociedade

Município de Albufeira promove dezenas de atividades educativas e culturais para a comunidade escolar

 
O Município de Albufeira tem concluído o Guia do Serviço Educativo e de Divulgação – Cultura, destinado ao público escolar.

Trata-se de um leque de cerca de três dezenas de ações, adaptadas aos vários níveis de ensino e respetivas faixas etárias, a terem lugar no Museu Municipal de Arqueologia, no Arquivo Histórico Municipal e na Biblioteca Municipal Lídia Jorge.
 
A Câmara faz saber em nota emitida, que no Museu Municipal de Arqueologia de Albufeira, ao longo de todo o período letivo, as ações constam de visitas orientadas, nomeadamente, ao próprio Museu, à Zona Antiga e ao Castelo de Paderne. Há ainda uma visita temática denominada “Conservas dos Romanos até Hoje”, destinada a alunos do 1.º e 2.º ciclos escolares: uma visita aos tanques de Santa Eulália onde os romanos faziam a salga do peixe e confecionavam o Garum, produto feito à base de vísceras de peixe, bastante apreciado na época e que era exportado para outros países, passando pelos vestígios da indústria conserveira no concelho, quer de frutos, quer de peixe. A visita culmina com um conjunto de atividades de trabalhos manuais onde o aluno constrói e ilustra a sua própria lata de sardinha. 
 
O Museu Municipal de Arqueologia reservou ainda para os mais novos duas atividades, como a “Peça a Peça, Descobre... depressa!”, destinada a crianças do pré-escolar (3-5 anos de idade), tratando-se de uma atividade de descoberta, adequando a abordagem do património às várias faixas etárias e que consiste em localizar na exposição do museu as fotografias de peças distribuídas. Após a identificação dos objetos há um momento de desenho e/ou pintura. A outra atividade é a “Caça ao Património”, para alunos do 1º ciclo (3.º e 4.º anos), consistindo numa introdução ao conceito de património através de uma visita-jogo, onde os participantes têm de encontrar e selecionar pequenos objetos. No fim há uma explicação sobre os tesouros encontrados. O Museu organiza também dois Peddy Papper, um ao Cerro do Castelo e outro ao Castelo de Paderne.
 
Em parceria com o Conservatório de Música de Albufeira, está também previsto um “Ciclo de recitais” para alunos do 4,º ano, onde após uma visita orientada ao Museu há um concerto musical num périplo através da história da música, desde a pré-história até à atualidade, e a realização de um “Percurso pedestre no Sítio da Ribeira de Quarteira” (escolas e público em geral) no qual é possível observar a fauna e flora locais, bem como os elementos patrimoniais aí existentes, nomeadamente a azenha, o açude, a ponte medieval e o Castelo.
 
Para estas visitas e atividades, a autarquia informa que deverão ser feitas marcações prévias com, pelo menos, 15 dias de antecedência, sendo que as mesmas se realizam entre as 09h30 e as 16h30 (visitas) e entre as 09h30-17h00 (atividades). Os interessados devem contactar telefonicamente (289 599 508) ou pelo e-mail: sed@cm-albufeira.pt. Mais informação em http://www.facebook.com/mma.albufeira
 
Quanto às atividades na Biblioteca Municipal Lídia Jorge para o público mais jovem, há visitas orientadas com uma hora de duração à Biblioteca, às quartas-feiras, entre as 11h00 às 15h00, destinadas aos alunos do pré-escolar e das E.B. 1º; 2º e 3ª Ciclo. 
 
A visita é complementada com uma atividade pedagógica consistindo na realização de marcadores de livros, adequados ao grupo de visitantes. A Hora do Conto é outra das atividades, para crianças do pré-escolar e E.B. 1º Ciclo (capacidade de 1 sala), com uma hora de duração, entre as 10h30 e a 14h00. Depois de uma visita à Biblioteca há a leitura de um conto escolhido mensalmente, de acordo com temáticas adequadas às diferentes épocas do ano. No final tem lugar uma pequena atividade pedagógica alusiva ao conto apresentado ou à Biblioteca. Os livros para esta atividades estão disponíveis para consulta no setor infanto-juvenil. O agendamento da atividades deverá ser feito por email com um mês de antecedência. O contacto telefónico é pelo n.º 289 598 857 e o eletrónico é: biblioteca@cm-albufeira.pt. Consulte http://biblioteca.cm-albufeira.pt/
 
Já o Arquivo Histórico Municipal tem 15 atividades para os mais novos, umas de caráter expositivo e outras com vertente prática:
 
Viagem no Tempo as Histórias que uma Imagem Guarda”: os participantes terão a oportunidade de conhecer algum do espólio fotográfico à guarda do arquivo, bem como, o processo de revelação e colorização de fotografias (para alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário); 
 
A Marchar para as Trincheiras Relembrar 1914-1918“: pretende dar a conhecer o processo de recrutamento, treino e transporte das tropas portuguesas até à frente de combate durante a I Guerra Mundial, assim como, as consequências sociais e económicas do conflito no Algarve (sessão para alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário);
 
Expostos: as crianças da Roda”: dá a conhecer a situação em que as crianças, expostas ao abandono, eram sujeitas, durante os séculos XVIII e XIX, em Albufeira, assim como, os mecanismos que existiam para as salvaguardar. A Roda de Albufeira encontrava-se instalada na Rua Nova; para alunos do 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário, entre as 09h00 e as 15h30; 
 
Remexido: Albufeira, Vila Negra”: é para conhecer as ações do célebre guerrilheiro algarvio, casado com Clara de Bastos, uma mulher instruída e abastada de Paderne, e confesso simpatizante da “causa miguelista” que ficou marcado tragicamente na memória dos albufeirenses nos acontecimentos de 24, 25 e 26 de julho de 1833; destina-se a alunos do 3º e 4º ano;
 
O papel do arquivista e o Arquivo em papel”: trata-se de visitas orientadas, com o objetivo de dar a conhecer o trabalho desenvolvido, na preservação e organização do espólio documental, assim como, alguns dos fatores de risco para os documentos; sessões para crianças do 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário; 
 
O Terramoto de 1 de Novembro de 1755”: os mais novos (1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino) ficarão a conhecer os acontecimentos desse histórico dia, dando ênfase à destruição provocada no território algarvio e em especial em Albufeira; 
 
5 de Outubro de 1910: a Revolução Republicana”: Tem como objetivo apresentar as principais alterações promovidas pelo novo regime; para alunos do 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário e pode realizar-se também nas respetivas escolas; 
 
Bandeira Municipal de Albufeira: História e Símbolos”: para os alunos desde o 1º ciclo ao ensino Secundário; durante a sessão serão apresentados os vários elementos de heráldica que compõem a nossa bandeira, a sua história e significado;
 
Foral Manuelino de Albufeira”: em 1504, D. Manuel I atribui Foral às terras de Albufeira. Com os Descobrimentos como pano de fundo, a Carta de Foral espelha um conjunto de direitos e deveres dos albufeirenses num século de grande crescimento para a população; 
 
As Iluminuras Medievais”: As iluminuras medievais eram o conjunto decorativo ou ilustrativo que acompanhava os textos dos códices e dos livros manuscritos do período medieval. A atividade tem como objetivo dar a conhecer o processo de criação, alguns dos seus elementos característicos e materiais usados na sua execução. Além disso os participantes são desafiados a fazer uma iluminura; são 50 minutos por sessão (alunos do 1º ciclo de ensino ao Secundário);
 
O Escrivão”: era uma profissão cobiçada, mas nada fácil. Como tal, os alunos terão a oportunidade de conhecer, ao longo de 50 minutos, a evolução da escrita com recurso a documentos e materiais à guarda do Arquivo Histórico. Serão apresentados vários documentos da História de Albufeira, como o Foral Manuelino, as atas de vereação, as posturas municipais, correspondência, entre outros; os participantes, do 1º ciclo ao Secundário, também serão escrivães por um dia; 
 
As Raízes do meu Passado”: é uma abordagem à Genealogia. A atividade pretende não só dar a conhecer para que serve e como se elabora uma árvore genealógica, como também apresentar vários projetos, a nível mundial, que se dedicam ao seu estudo. Para alunos do 1.º, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário, entre as 09h00 e as 15h30; 
 
Encadernação Artesanal”: com recurso a algumas técnicas tradicionais, os mais novos irão criar, de forma simples, os seus cadernos personalizados. Será entre as 09h30 e as 15h30 (3h30 por sessão) e destina-se a alunos do 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico e secundário; 
 
Eleições e caciquismo no Algarve oitocentista”: pretende dar a conhecer o processo de afirmação da burguesia e crescimento das classes médias, no século XIX, no Algarve. É também intenção explorar as atividades inerentes à classe burguesa e à classe média, em Albufeira, através da análise do processo eleitoral no concelho de Albufeira. É para estudantes do 3.º ciclo do Ensino Básico e compreende sessões de 50 minutos;
 
Pesquisa de Fontes Documentais”: é uma atividade para os mais crescidos, que frequentam o 12º ano e onde em cada sessão (uma hora e meia) acedem a catálogos de pesquisa de arquivos, bibliotecas, centros de documentação e repositórios científicos, disponíveis em ambiente digital, para a seleção de livros, documentos de arquivo institucionais, fotografias, vídeos, artigos de imprensa, artigos académicos, etc., relevantes para determinado estudo. Marcar sessão: 289 599 638 ou pelo e-mail: arquivo.historico@cm-albufeira.pt. Saiba mais em https://arquivo.cm-albufeira.pt/
 
A autarquia esclarece ainda, que devido à pandemia por Covid-19, todas as atividades irão funcionar mediante as regras de segurança impostas pela DGS e as características das mesmas poderão sofrer alterações por esse motivo.