Sociedade

Município de Aljezur quer ensino secundário no concelho

 
Na reunião de câmara do passado dia 10 de novembro, foi apresentada e aprovada por unanimidade, uma proposta para se iniciar o processo para criação do ensino secundário em Aljezur junto das entidades competentes, designadamente a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares do Algarve.

Em comunicado, a autarquia lembra que, ao longo dos últimos anos letivos «temos vindo a assistir a um aumento consistente do número de alunos no Agrupamento de Escolas de Aljezur», sendo necessário «rever e atualizar» a carta educativa, para projetar alterações «ao que hoje temos em termos de equipamentos e aumento da sua capacidade, numa perspetiva de futuro», sublinha.
 
Sobre a mesa está também um dado importante para a autarquia que é a alteração da escolaridade obrigatória para 12 anos, o que faz com que, o número de alunos do concelho de Aljezur a frequentar o ensino secundário nos dois Agrupamentos de Escolas de Lagos, também tenha aumentado.
 
Feita a análise dos alunos transportados e inscritos nos dois Agrupamentos de Escolas de Lagos, entre os anos letivos 2016/2017 e 2019/2020, foi regista uma média anual de cerca de 116 alunos, confirma a mesma fonte.
 
O município acrescenta que atualmente, mais de cem jovens do concelho fazem cerca de 70 Km diariamente, «saindo de casa pela manhã e regressando ao final de tarde/noite, esforço que é sobretudo pior para os que residem fora dos núcleos mais urbanos do concelho». 
 
Perante os dados que estão a ser recolhidos no terreno, onde se assinala também os principais cursos escolhidos pelos estudantes, a câmara de Aljezur acredita ser possível que o ensino secundário seja uma realidade no concelho.