Economia

No dia da liberdade, Município de Portimão atribuiu mais de um milhão e duzentos mil euros ao associativismo local

Foto|D.R (Filipe da Palma)
Foto|D.R (Filipe da Palma)  
O Município de Portimão assinou ontem, 25 de abril, contratos-programa com o movimento associativo local, relativos a 2022, no valor global de 1.258.450,92 euros, distribuídos por 105 entidades.

A cerimónia de assinatura dos contratos que integrou as comemorações do 48º aniversário da Revolução dos Cravos, teve lugar no edifício da antiga Lota de Portimão, alvo de profunda remodelação.
 
Conforme adianta o município em nota divulgada, na área das atividades desportivas e culturais foram abrangidas 43 instituições, com 291.450 euros destinados a apoio ao funcionamento e 222.300 euros de apoio ao investimento, num total de 513.750 euros.
 
No que toca à vertente do desporto e juventude, foram apoiadas 34 entidades, com um total de 482.950 euros, dos quais 331.880 euros para funcionamento e 151.070 euros respeitantes a investimento.
 
Por fim, as 28 entidades que desenvolvem atividade no âmbito da habitação, desenvolvimento social e saúde terão ao dispor 261.750,92 euros, distribuídos pelo funcionamento (102.453,95 euros) e pelo investimento (159.296,97 euros).
 
“Este apoio insere-se na estratégia municipal de incentivar o associativismo loca, pelo relevante papel que desenvolve no reforço dos elos que ligam os portimonenses e tornam a comunidade mais forte e dinâmica”, sublinhou a presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes.