Sociedade
O Escotismo é uma escola de cidadania
Num tempo em que se colocam em causa os valores e em que, muitos pais e educadores não sabem muito bem como educar os seus filhos, é importante ter em consideração uma das maiores escolas de cidadania da nossa sociedade: o escotismo.

 
Trata-se de um Movimento à escala mundial que tem por base educar os jovens para a união, para a amizade, para o respeito pela natureza em geral e, pelos animais e plantas em particular, sendo que todos são aceites independentemente da sua classe social, etnia ou crenças.
 
O Escotismo conta com a colaboração de adultos empenhados em fazer seguir as orientações do seu fundador. Em regra são voluntários, que têm as suas profissões e que se dedicam a esta causa por acreditarem “nas leis do escoteiro” e numa sociedade melhor.
 
Lord Robert Stephenson Smyth Baden-Powell foi o fundador do escotismo em 1907, sendo mais conhecido por entre os jovens e “Chefes” como BP.
 
"O Escotismo é uma escola de cidadania através da destreza e habilidade em assuntos mateiros."
 
Robert Baden-Powell, Escotismo para Rapazes, 1908.
 
De um modo geral, ser escoteiro é brincar, fazer amigos, aprender um conjunto de conceitos básicos no que se refere ao respeito pelo próximo e de trabalho em equipa, cidadania e respeito à natureza e animais. O objetivo do Escotismo é “entregar alguém melhor para a sociedade, estimulando a cultura de paz”.
 
Existem diversos grupos de escoteiros em todo o país, sendo que se dividem entre Escutas, que se diferenciam pelo cariz religioso e que pertencem ao CNE e Escoteiros da AEP, mas ambas as instituições seguem os fundamentos de BP.
 
Os grupos são formados por várias hierarquias que, mediante as provas superadas, vão conquistando distintivos e a pertença ao estágio seguinte.
 
A promessa é o ato de compromisso entre o jovem e a instituição, após ter superado um conjunto de provas apresentadas pelas Chefias. É um momento solene de atribuição do lenço do grupo a que pertence e a preparação para uma fase mais exigente.
 
Os escoteiros reúnem-se semanalmente nas suas sedes e praticam um conjunto de atividades que, aos poucos, os conduzem aos propósitos de Baden Powell.
 
A sociedade respeita e acarinha os escoteiros precisamente pelos valores e comportamentos que apresentam à comunidade.
 
Fátima Fernandes