Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
O que muitas pessoas (ainda) não sabem sobre a psicopatia
Imprimir Partilhar por email
Cada vez se fala mais em psicopatia, sobretudo porque a ciência está constantemente a acrescentar novos dados ao conhecimento acerca destas pessoas.
 
O senso comum sabe que, um psicopata é uma pessoa fria e calculista, que não tem sentimentos e que é capaz de cometer um conjunto de atos que seriam impensáveis para a maioria da população, talvez não saiba é que, afinal eles sentem, fazem-no é de maneira muito própria.
 
É por essa razão que, estes indivíduos despertam tanto interesse; é porque a maioria das pessoas não consegue compreender a razão pela qual alguém é capaz de instalar o terror na vida dos seus familiares, amigos e na comunidade onde está inserido.
 
Segundo o Jornal Ciência, é interessante saber que, todos temos um pouco de psicopatas, isto porque “a psicopatia é um espectro e, de certa forma, todos estamos dentre dele”. Qualquer um de nós, num qualquer momento de vida é capaz de não se sentir arrependido por algo que fez de menos correto, ou sentir-se livre de culpas quando provavelmente é responsável por qualquer situação.
 
Certamente que já viveu situações em que não conseguiu sentir empatia por alguém e, até já foi capaz de seduzir outra pessoa para ter o que queria. Todos nós já assumimos riscos e já demonstramos que não temos medo de algo quando julgávamos ter, pelo que todos nos podemos encaixar neste espectro de psicopatia, o que não quer dizer que desenvolvamos essas características, mas sim que temos de estar atentos para não perdermos os nossos valores e limites, já que, é fácil alimentar esses traços ao longo da vida e mediante as circunstâncias mais ou menos desfavoráveis.
 
A mesma fonte faz saber que, “os psicopatas nem sempre são psicóticos” e acabam por utilizar os seus recursos para serem produtivos na comunidade em que estão inseridos. A ausência de medo, a falta de emoções e de ansiedade, ajuda-os a estarem calmos nas situações mais assustadoras. É como se estivessem protegidos por um escudo, em que nada os afeta. Essa característica faz com que estejam muito bem em determinadas profissões que acarretam riscos e que podem assustar a maioria das pessoas.
 
É interessante saber que, as mulheres psicopatas têm características distintas das dos homens. Apesar dos muitos aspetos semelhantes, muitos estudos demonstram que as mulheres psicopatas são mais propensas às emoções, à ansiedade e à promiscuidade.O Jornal de Ciência refere psicólogos que argumentam que, a psicopatia no feminino é, muitas vezes diagnosticada como Transtorno Limítrofe – que se carcateriza por emoções mal reguladas reações impulsivas e explosões de raiva. Os estudos demonstram ser essa uma das razões pelas quais existem menos diagnósticos de mulheres com psicopatia.
 
Um outro ponto assinalado pelo Jornal Ciência dá conta de que, “os psicopatas têm sentimentos”, simplesmente não são os mesmos que a maioria das pessoas. Os psicopatas não sentem ansiedade, medo e tristeza, mas sentem alegria, felicidade, surpresa e nojo.
 
Quando são provocados, os psicopatas sentem raiva e frustração quando não conseguem alcançar os seus objetivos. Por essa razão, não se pode dizer que um psicopata não tem emoções, simplesmente vive-as de forma diferente e muito particular. Assim sendo, qualquer pessoa é capaz de ferir os sentimentos de um psicopata, mas não com os mesmos argumentos que poderiam magoar uma pessoa sem este espectro.
 
É de anotar que, 1% da população mundial sofre de psicopatia, razão pela qual, qualquer pessoa vai ter de se cruzar com pelo menos 15 psicopatas ao longo da vida. Quer isso dizer que, todos temos de saber do que se trata e qual a melhor forma de nos protegermos de quem parece insensível a tudo e capaz de enfrentar todos sem nunca expressar medo ou arrependimento pelo que faz.
 
Fátima Fernandes
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(88032)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37641)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(21359)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(15230)

Não podemos viver sem amor

(12363)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(11550)

A mentira: um mal necessário

(9689)

Idade não traduz maturidade

(9524)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9473)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8972)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8693)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8686)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(7362)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(6398)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(6048)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5808)

É Demissexual?

(5624)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5536)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(5458)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5421)

A “ciência” do aperto de mão

(5286)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(5050)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4966)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4923)

O poder das ervas aromáticas

(4899)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4856)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4835)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4724)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4647)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4591)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4561)

A família é a base do sucesso escolar

(4513)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4404)

O que muda na mulher aos 40?

(4388)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4380)

Oito “segredos” para ser bom pai

(4351)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4308)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4300)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4275)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4238)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(4160)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(4117)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(4075)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3997)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3973)

Falta de empatia: a maior doença da humanidade

(3925)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3910)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3865)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3853)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3830)
PUB
 
MAIS LIDA AGORA
Vídeo que promove Algarve nestas férias é "sucesso" nas redes sociais

Vídeo que promove Algarve nestas férias é "sucesso" nas redes sociais

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
PCP questiona Governo sobre salários em atraso no Vila Nova Resort

PCP questiona Governo sobre salários em atraso no Vila Nova Resort

ver mais
 
Câmara de Silves e Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines unidos no projeto "Somos Mesmo Inclusivos!"

Câmara de Silves e Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines unidos no projeto "Somos Mesmo Inclusivos!"

ver mais
 
Portimão junta várias entidades e cria núcleo de planeamento e intervenção para sem-abrigo

Portimão junta várias entidades e cria núcleo de planeamento e intervenção para sem-abrigo

ver mais
 
 
 
 
Alô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio