S. Brás de Alportel

Octávio Lourenço

 
O Município de São Brás de Alportel atribuiu um voto de louvor a Octávio Lourenço, "pela inovação e relevante contributo para a nobre missão da inclusão pelo desporto".

O voto, aprovado por unanimidade, em reunião de câmara de 2 de fevereiro de 2021, foi entregue pelo executivo municipal, numa cerimónia adaptada ao contexto de pandemia, em formato online.
 
Conforme se pode ler na nota emitida, "trata-se de um percurso de constante inovação, aperfeiçoamento de técnicas e materiais e de valorização do património natural e humano, que fazem da Ferox SurfBoards uma marca de referência a nível nacional e internacional, que recentemente alcançou uma nova conquista, pela criação de pranchas ecológicas e acessíveis que estão a revolucionar o mundo do surf adaptado".
 
O município fala de um "exemplo maior de empreendedorismo, inovação e espírito de missão social que eleva o nome do concelho de São Brás de Alportel a nível nacional e além-fonteiras e muito orgulha a comunidade são-brasense".
 
Ao longo do seu percurso, a empresa já criou pranchas "inéditas e ecológicas" a partir de materiais autóctones como cortiça e piteira. A qualidade do seu trabalho tem vindo a chamar a atenção de atletas do tipo da modalidade a nível nacional e internacional, estando as suas pranchas a participar em competições em todo o mundo, reforça a autarquia.
 
A mesma fonte refere que a Ferox criou pranchas para surf adaptado, apresentadas pela primeira vez na 3ª edição da Boundi Surf Sessions, a 27 de agosto de 2020, na Praia de Matosinhos. Um desafio que levou a empresa a envolver-se novamente com a comunidade local, tal como aconteceu com a experiência anteriormente realizada em parceria com um curso profissional do Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas no desenvolvimento de um protótipo de pranchas ecológicas, produzidas a partir da reciclagem de rolhas de cortiça.
 
Desta vez, a empresa procurou contagiar alguns jovens são-brasenses, com limitações na sua mobilidade, a partilharem este projeto, ajudando a produzir pranchas que os poderão ajudar a dominar o mar e a superar as suas dificuldades. Os responsáveis municipais, falam de "um projeto de uma dimensão humana que merece o reconhecimento do município e da comunidade".
 
(+) S. Brás de Alportel

Miguel Caiado

Neuza Dias

Diogo Gago

Vítor Guerreiro

António Eusébio