Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Pais e filhos:sugestões para manter o respeito de parte a parte
Imprimir Partilhar por email
O respeito é algo de fundamental em todas as relações e, pela proximidade, pelos laços afetivos, por se tratar de uma relação para a vida, é fundamental que pais e filhos se respeitem mutuamente. Por norma, os pais exigem e preocupam-se com o respeito que os filhos lhes merecem, mas será que pensam da mesma forma quando dos mais novos se trata?
 
Para ter a certeza de que a vossa relação é partilhada e de respeito mútuo, vale a pena conferir estes 4 tópicos que asseguram o respeito dos pais para com os seus filhos sem perderem de vista a sua posição de adultos, de educadores e de autoridade. Importa relembrar que, quando os pais respeitam os filhos, estes igualmente os respeitam, daí ser tão importante viver uma relação mútua nesse sentido.
 
1. Ouça o que o seu filho tem a dizer, mas respeite também o seu silêncio
 
É importante que os pais percebam os diferentes tempos dos seus filhos. Por um lado, é preciso conter a ansiedade e a curiosidade em fazer um lote de perguntas quando a criança chega a casa. Será muito mais fácil criar um espaço de conversa onde ela sinta essa liberdade para ir dizendo como foi o seu dia, o que almoçou, com quem brincou e o que aprendeu. Depois, é fundamental perceber que a criança, tal como o adulto, precisa do seu tempo de silêncio, sobretudo logo quando chega a casa e em que só tem vontade de brincar ou de fazer alguma atividade do seu agrado. Respeitar estas duas vertentes faz com que os filhos igualmente respeitem o tempo e o espaço dos pais. Ambos estão em liberdade para falarem quando assim o entendem.
  
2. Pergunte o que ele quer
 
Um dos aspetos que mais pontos a favor acarreta na relação entre pais e filhos é possibilitar que, desde cedo, os mais novos participem nas escolhas, seja nas suas, seja a dar uma opinião ou uma sugestão.  Os pais é que decidem aquilo que é mais importante, no entanto, é fundamental mostrar aos mais novos que a sua opinião conta e que os pais também a acatam. Uma saída de casa por exemplo, um passeio em família, devem ser sugeridos por todos, tal como uma brincadeira. Este aspeto é essencial para o respeito de parte a parte e também para a conquista da autoconfiança e da autonomia da criança.
 
3. Respeite o tempo do seu filho
 
As crianças vivem essencialmente no presente e, como tal, não conseguem organizar muito bem o seu tempo. Esta é uma das causas pelas quais muitos pais se aborrecem já que a criança não tem pressa para se vestir, para tomar banho ou para arrumar o seu quarto. Não existe uma preocupação com o futuro como se passa com os adultos. O segredo é equilibrar as coisas o melhor possível, de forma a que a criança vá crescendo e compreendendo essa importância e aprender a gerir o seu tempo. Quando não há pressa, ela pode aproveitar o seu tempo livremente, quando há uma hora marcada; os horários para cumprir, os pais devem explicar-lhe que tem de se apressar porque tem de ir para a escola ou para outra atividade que tem uma hora marcada. Este respeito pelo seu tempo e, ao mesmo tempo o contacto com a realidade que tem outras exigências, é crucial para o desenvolvimento da criança, para se organizar no mundo e para perceber que há tempos diferentes para diferentes atividades.
 
4. Aceite o seu filho tal como é
 
Os pais tendem e, é quase impossível que tal não acontece, a construir expetativas em relação ao seu filho. Desejam que ele seja como eles, que lhes siga o exemplo, que tenha o melhor que eles têm e daí por diante, mas sem se aperceberem, um excesso desta postura, vai levar a uma profunda falta de respeito para com a criança. Se ela tiver de estar sempre a imitar os pais em tudo, deixa de ser ela mesma, fica sem espaço para se descobrir e para se desenvolver. Por essa razão, é essencial assumir que o filho terá qualidades positivas e negativas, que terá traços do pai e da mãe, tal como terá as suas caraterísticas, razão pela qual é preciso aprender a respeitar para ser também respeitado. Se a criança sente que os pais gostam dela tal como é, mais facilmente vai respeitar e aceitar os pais tal como são. Este respeito deve começar no berço e prolongar-se pela vida fora. A criança não precisa de crescer com as caraterísticas do avô e da avó, ser melhor que um primo e daí por diante. Precisa de ter estímulos positivos para que aprenda e para que seja ela mesma.
 
Esta é a base para a fase seguinte que é a adolescência. Quanto melhor decorrer a infância, mais facilitada será a fase seguinte e todo o percurso de um ser humano.
 
Fátima Fernandes
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(87410)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37167)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(19245)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(14034)

Não podemos viver sem amor

(12000)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(11006)

A mentira: um mal necessário

(9164)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9059)

Idade não traduz maturidade

(8849)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8355)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8292)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8042)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(6823)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5725)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5604)

É Demissexual?

(5354)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5304)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(5174)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5110)

A “ciência” do aperto de mão

(4729)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4717)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4678)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4659)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4537)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4482)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(4479)

O poder das ervas aromáticas

(4441)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4354)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4255)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4236)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4177)

A família é a base do sucesso escolar

(4141)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4067)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4056)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4056)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4031)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4030)

Oito “segredos” para ser bom pai

(4026)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4018)

O que muda na mulher aos 40?

(3958)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3865)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3829)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3749)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3653)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3644)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3631)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3621)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3562)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3542)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3537)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Sirene dos bombeiros de Portimão alerta quando há pessoas a mais nas ruas

Sirene dos bombeiros de Portimão alerta quando há pessoas a mais nas ruas

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Reagentes para detetar coronavírus têm chegado a conta-gotas ao Algarve

Reagentes para detetar coronavírus têm chegado a conta-gotas ao Algarve

ver mais
 
Hospital de Faro precisa de duas mil viseiras

Hospital de Faro precisa de duas mil viseiras

ver mais
 
Loulé doa equipamentos a profissionais dos Centros de Saúde do concelho

Loulé doa equipamentos a profissionais dos Centros de Saúde do concelho

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio