Política

PAN quer menos plástico nos eventos de Portimão

PAN:Foto da página oficial de Facebook do evento
PAN:Foto da página oficial de Facebook do evento
A Comissão Política Distrital de Faro do PAN, aconselha as entidades municipais de Portimão, a terem mais atenção relativamente ao uso do plástico no grande evento anual da cidade, conforme aponta comunicado do partido, para o "Festival da Sardinha".

 
O PAN refere que os números não enganam: Mais de 40% de todo o plástico produzido durante 150 anos foi usado uma única vez antes de ser descartado e, de todo o plástico produzido, apenas 9% foi reciclado. Estima-se que a produção de plástico em 2050 chegue a 33 mil milhões de toneladas e que, de acordo com a comunidade científica, por essa altura se nada for feito, haverá mais plástico do que peixes nos oceanos. 
 
No mesmo documento enviado à imprensa, o partido questiona a Presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, se "não estará mais do que na altura de substituir os materiais não degradáveis de utilização única por outros mais amigos do ambiente?" 
 
A Comissão Política Distrital do PAN Algarve deixa o repto para "que se transformem as palavras em ações" e que se opte pela utilização mais responsável dos materiais plásticos de utilização única eliminando de preferência o seu uso, e que se criem as condições adequadas para a reutilização e reciclagem de todos os utensílios usados em eventos futuros "para que Portimão assuma o compromisso de ser verdadeiramente uma cidade mais limpa e amiga do Ambiente".