Política

Partido Iniciativa Liberal chega a Faro

João Cotrim Figueiredo - Presidente da Iniciativa Liberal
João Cotrim Figueiredo - Presidente da Iniciativa Liberal
No dia 26 de junho, o partido Iniciativa Liberal (IL) formalizou a constituição do Núcleo Territorial de Faro, trazendo para o Algarve o partido com a "vontade de libertar a região do voto bipartidário".

 
Em comunicado, a Iniciativa Liberal refere que, "a data ganhou simbolismo", na medida em que nesse dia, foi atingida a libertação de impostos: "em 2020 foram precisos 177 dias (o período mais longo da nossa democracia) para os portugueses deixarem de trabalhar apenas para pagar impostos".
 
O primeiro plenário do Núcleo Territorial de Faro e as primeiras eleições do Grupo de Coordenação Local do Núcleo, foram realizadas através de meios digitais, devido à pandemia do Covid-19,  contando com a participação de todos os membros fundadores, oriundos de diversos concelhos da região.
 
 
«A Iniciativa Liberal Faro pretende mostrar aos algarvios que existe uma alternativa para a vida política da região e que essa alternativa passa exatamente pela valorização de quem melhor a conhece, os algarvios. Estar próximo da população e dos empresários da região é uma prioridade da Iniciativa Liberal. Mostrar que existem alternativas, reforçar o poder local que é quem mais próximo está dos cidadãos e lutar pela liberdade de escolha em temas basilares como a educação, a saúde e os transportes são as nossas prioridades. Para além disso, procuraremos ajudar a região a tornar-se mais atrativa para investidores e acima de tudo, teremos como foco a libertação da economia da região da sua dependência do Turismo», afirma Cláudia Vasconcelos no mesmo comunicado, Coordenadora-Geral da Iniciativa Liberal de Faro.
 
A IL refere estar "ciente dos tempos difíceis que se avizinham para o Algarve", consequência direta do cenário de pandemia, pelo que "será exatamente no espírito da partilha e troca de ideias, e com os olhos postos no futuro dos algarvios, que este núcleo pretende criar um #AlgarveMaisLiberal, assente nos seguintes pilares":dar maior liberdade individual e mais poder à população; criar uma sociedade portuguesa que viva menos estrangulada por taxas e impostos; descomplicar e desburocratizar o Algarve; apostar na descentralização do poder político, relativamente ao poder central de Lisboa, com a valorização do poder local; fazer da transparência e da luta contra a corrupção bandeira.
 
Depois de eleição de João Cotrim Figueiredo como deputado na Assembleia da República nas Eleições Legislativas, em outubro passado, a IL alarga a sua presença a nível nacional.