Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 
Pensamento positivo “atrai riqueza”
Imprimir Partilhar por email
A forma como se encara a vida é determinante para contornar os mais variados obstáculos, isso é ponto assente e amplamente divulgado pela maioria dos autores que acreditam inclusivamente que o pensamento positivo é a base para a saúde e para a felicidade.
 
A acrescentar este ponto, surge a obra do milionário T. Harv Eker que associa também a riqueza a um estado de espírito.
 
Para este especialista que analisou como funcionam as mentes milionárias, a capacidade para acumular riqueza depende da forma como se vê o mundo, pelo que, “as queixas e lamúrias atraem negatividade e repelem os lucros e a acumulação de dinheiro.”
 
No seu mais recente livro “Secrets of the Millionaire Mind” (“Segredos de uma mente milionária”)  Eker afirma que as queixas constantes podem impedir uma pessoa de se tornar milionária, na medida em que é a forma de pensar que permite atrair fortuna.
 
Citando o seu próprio exemplo, o norte-americano T. Harv Eker apresenta-se como autor, empresário e orador motivacional. É conhecido pelas suas teorias sobre a relação entre a riqueza e a motivação e ousou explicar ao mundo como se conquista riqueza. 
 
Segundo o autor, todos nós temos um “modelo financeiro” enraizado na nossa mente e é esse modelo – mais do que qualquer outra circunstância – que determina as nossas finanças. No livro, Eker escreve sobre os fatores que distinguem as mentes milionárias das outras e destaca um hábito decisivo. Os milionários evitam queixar-se.
 
“Queixar-se é a pior coisa possível a fazer pela sua saúde ou riqueza”, escreve Eker citado pela Business Insider.
 
Para justificar a sua teoria, Eker reforça que, “quando nos queixamos e lamentamos estamos a concentrar a nossa atenção no lado negativo das coisas e essa negatividade tem tendência a contaminar outras áreas da vida.”
 
Atendendo à já conhecida tese de que o positivo atrai positivo, tal como o negativo exerce uma forte tendência sobre o seu similar, o autor sublinha que, quando assentamos os nossos pensamentos numa base negativa, “só atraímos lixo”, razão pela qual muitas pessoas não conseguem posicionar-se corretamente na vida.
 
Eker clarifica que, “alimentar este círculo de negatividade deixa pouco espaço para o crescimento, especialmente para o crescimento financeiro”.
 
Ao mesmo tempo, o empresário inclui o meio envolvente como forma de atracão ou afastamento de riqueza, já que, “Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és” é um ditado que resume outro dos conselhos de T. Harv Eker: “tão importante como evitar o queixume e a lamentação é manter-se à distância de pessoas que passam a vida a fazê-lo. No entanto, muitas pessoas gostam de ouvir os queixosos. Porquê? Porque esperam pela sua vez para se queixarem e para arrastarem a mesma posição negativa.”
 
Como conselho fundamental Eker deixa um alerta: “devemos evitar entrar num círculo vicioso de negatividade e para o fazer, é importante eleger os nossos pensamentos e as nossas palavras sabiamente”. 
 
O milionário reforça que, “a energia negativa é contagiosa” e naturalmente um impedimento para o sucesso.
 
Partindo deste pressuposto, é necessário “concentrar o máximo de positividade de forma a que se concretizem esses pensamentos orientados para a conquista do positivo.”
 
O segredo para alcançar a riqueza, segundo Eker é mesmo “acreditar, lutar e orientar a energia positiva para o sentido que se pretende. É afastar o que é negativo e polarizar o positivo.”
 
Fátima Fernandes
 
50 dicas mais lidas

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança

(87398)

Pais são responsáveis pelo mau comportamento dos filhos

(37157)

Há pessoas que (só) falam mal dos outros. Saiba porquê.

(19225)

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!

(14018)

Não podemos viver sem amor

(11994)

O que se esconde atrás da traição feminina?

(10997)

A mentira: um mal necessário

(9156)

As pessoas tristes são as mais egoístas!

(9051)

Idade não traduz maturidade

(8839)

“Bom português”:sabe como/quando utilizar ás, às e hás?

(8339)

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida

(8287)

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional

(8028)

Os principais erros que os pais cometem com os filhos adolescentes

(6812)

Afinal, os amigos não são para sempre!

(5718)

Vamos ler os rótulos dos alimentos?

(5599)

É Demissexual?

(5349)

Mulheres só descobriram prazer sexual na década de 80

(5298)

Ignorância: a maior doença da Humanidade

(5163)

“Os pais não são ‘os amigos’ dos filhos”

(5104)

A “ciência” do aperto de mão

(4721)

Abraços melhoram a memória e o bem-estar físico

(4711)

Casais juntos 24 horas por dia – mais risco de desgaste?

(4671)

Violência doméstica: a família tem de re(agir)

(4652)

Amor:Como ultrapassar a “crise dos 7 anos”?

(4532)

Os filhos precisam de mais tempo dos pais!

(4477)

“Bom português”: sabe utilizar a vírgula?

(4468)

O poder das ervas aromáticas

(4435)

Vamos fazer a leitura dos pés?

(4346)

“Ou mudamos a educação ou o mundo vai afundar” – Claudio Naranjo

(4246)

Há cada vez mais pais com medo dos filhos. Porquê?

(4229)

Escola: o que não se deve dizer/fazer aos filhos

(4172)

A família é a base do sucesso escolar

(4134)

Rejeição dos pais deixa marcas para a vida

(4060)

Beleza não é sinónimo de felicidade - estudo

(4050)

Ansiedade: o problema psiquiátrico da atualidade

(4050)

Portugal: o país onde as crianças são “únicas e especiais”

(4025)

Descubra “o poder curativo” da praia

(4024)

Oito “segredos” para ser bom pai

(4016)

Descubra os “segredos” das pessoas mais felizes do mundo

(4012)

O que muda na mulher aos 40?

(3951)

“Ser fixe” na adolescência é sinal de alerta para o futuro

(3846)

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro

(3821)

Pais inseguros “desenvolvem” filhos instáveis

(3743)

Desenho: uma forma de expressão essencial ao desenvolvimento

(3645)

“Discussões fazem mal à saúde”

(3639)

Está a preparar o seu filho para o mundo?

(3624)

Como estimular a inteligência nos bebés

(3616)

A mudança interior aumenta a esperança de vida

(3555)

A inveja: um ponto contra a auto-estima

(3533)

O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

(3531)
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Caso de Covid-19 em Lagos está ligado a emigrante português

Caso de Covid-19 em Lagos está ligado a emigrante português

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Indefinição da pandemia obriga ao cancelamento do Festival MED

Indefinição da pandemia obriga ao cancelamento do Festival MED

ver mais
 
Startup de Loulé produz mil zaragatoas por dia fornecendo Algarve e Baixo Alentejo

Startup de Loulé produz mil zaragatoas por dia fornecendo Algarve e Baixo Alentejo

ver mais
 
Covid-19:A importância do apoio psicológico na fase de confinamento

Covid-19:A importância do apoio psicológico na fase de confinamento

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Click Saúde» Desporto» Economia
» Política» Figuras da nossa Terra» Fichas de Leitura» CX de Correio