Desporto

Portimão inaugurou Pavilhão Desportivo da Boavista no dia em que o desporto foi "Rei"

Fotos|CM Portimão
Fotos|CM Portimão
Foi ontem inaugurado o Pavilhão Desportivo da Boavista, no qual decorreu a sessão solene do Dia da Cidade e a Gala do Desporto com a homenagem aos Campeões Portimonenses da época 2018/2019.

 
Segundo explica comunicado do Município, na abertura da sessão solene do 95º aniversário de elevação de Portimão a cidade, foram homenageados com a Medalha de Mérito Municipal – Grau Prata o chefe regional do Corpo Nacional de Escutas, José João Cercas (na categoria Social), e a professora e dirigente escolar Fernanda Rosa (na categoria de Serviço Público), «dois formadores de gerações que ao longo das suas vidas se distinguiram pela sua relevante atividade profissional e cívica», destacou a presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes.
 
«Se em Portimão tivéssemos de eleger a palavra de 2019, como constitui hábito a nível nacional por esta altura, não há dúvida que o vocábulo do ano teria de ser Desporto», declarou a autarca, ao justificar a realização da sessão solene na nova infraestrutura, no ano em que Portimão foi eleita a Melhor Cidade Europeia do Desporto (CED).
 
 
«Do esqueleto de um enorme barracão, fechado há mais de uma década, ergue-se um novo equipamento desportivo ao serviço da comunidade, num investimento de 1.385.000 euros que, só por si, representou uma grande fatia do montante global que investimos na CED», afirmou a presidente.
 
Sobre a atribuição pela ACES Europe do título de Melhor CED 2019, Isilda Gomes considerou a distinção «como o reconhecimento de que somos um exemplo a seguir, no estímulo ao desporto e no desenvolvimento de programas municipais de incentivo à prática desportiva junto de toda a população, com benefícios ao nível da promoção da saúde, integração e educação.»
 
«Estamos a viver um ano extraordinário a todos os títulos, com um conjunto de atividades intensíssimo. Foram mais de 700 eventos, que reuniram mais de 100 mil praticantes, com audiências superiores a 400 mil espectadores. Dinamizámos uma centena de formações e ações de sensibilização e promovemos mais de 20 atividades desportivas inclusivas, tudo isto com um impacto mediático que até final do ano irá superar os 5 milhões de euros», realçou a autarca. 
 
«Considerando que o investimento foi de 3.800.000 euros, incluindo este pavilhão, parece que afinal o lema ‘Mais Desporto para Todos’, para além de princípio mobilizador de mais prática desportiva na vida dos cidadãos, é também um ‘bom negócio’ para a cidade», assinalou.
 
Do seu ponto de vista, «o que conseguimos no desporto dá-nos mais esperança ao que poderemos conseguir na economia local, na responsabilidade social, no dinamismo cultural, na valorização do ambiente, no apoio à educação e aos mais desfavorecidos, na salvaguarda do património, nas políticas de juventude, na proteção civil, no ordenamento urbano, na capacidade de resposta dos serviços municipais.»
 
Nesse sentido, conforme avançou Isilda Gomes, serão lançados até final do ano concursos no valor global de mais de 9 milhões de euros, dos quais constam a repetição dos concursos relativos à requalificação da Escola EB 2,3 Professor José Buisel e à aquisição de 36 casas modulares para realojamento de famílias que vivem em barracas. 
 
Também vão ser lançadas as empreitadas para recuperação do Parque da juventude de Portimão e do novo espaço verde junto ao Mercado Municipal da Av.ª S. João Deus, ao mesmo tempo que continuará a substituição da iluminação pública e a repavimentação de vias degradadas, enquanto será dada continuidade aos projetos de novas vias estruturantes, como a V2, a V5 e a V10, avança a autarquia. 
 
A autarca revelou que em 2020 decorrerá um diversificado programa cultural para celebrar os 160 anos de nascimento do distinto escritor e estadista, Manuel Teixeira Gomes, estando projetada a requalificação da Casa Manuel Teixeira Gomes.
 
A tarde encerrou com a Gala do Desporto - Homenagem aos Campeões Portimonenses da época 2018/2019, com a entrega de prémios aos atletas que, a nível individual ou coletivo, obtiveram títulos federativos internacionais, nacionais ou distritais, num total de 632 homenageados.