Periodicidade: Diária | siga-nos | seja fã
PUB
 

Posto da GNR de Almancil custou 1,1 milhões de euros e foi inaugurado pelo Ministro Eduardo Cabrita

Imprimir Partilhar por email
14-02-2020 - 17:03
O Ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita, inaugurou esta manhã o edifício do Posto Territorial da GNR de Almancil.
 
As novas instalações da GNR na freguesia, são o resultado de um contrato de cooperação interadministrativa celebrado entre o Município de Loulé, a Secretária-geral do Ministério da Administração Interna e a Guarda Nacional Republicana, que contempla um conjunto de investimentos no concelho de Loulé, integrados na Lei de Programação de Investimento das Forças de Segurança.
 
Dotado com diversas valências, como é o caso de uma sala de apoio à vítima, este investimento vem dar melhores condições de trabalho para os militares, no sentido de garantir a segurança de pessoas e bens e dos muitos turistas que a freguesia acolhe ao longo do ano, através de reconhecidos empreendimentos turísticos.
 
A obra foi financiada na totalidade pela Administração Central e teve um custo 1.120.000,00€, ao abrigo de uma parceria, celebrada em 2014, entre a Autarquia de Loulé e o Ministério da Administração Interna, num montante global de 2.345.000,00€, e onde se integram também o Subdestacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Quarteira, o Posto Territorial de Salir, ambos já inaugurados, e os melhoramentos levados a cabo no edifício do Posto de Loulé.
 
Da esquerda para a direita:Francisco Serra - Presidente da CCDR Algarve, Joaquim Pinto - Presidente da Junta de Freguesia de Almancil, Vítor Aleixo Presidente da CM Loulé, Eduardo Cabrita - Ministro do MAI e Rui Clero - Tenente General da GNR:
 
 
O Tenente General Rui Clero, reconheceu o empenho do executivo camarário para dotar os militares da GNR, «com as melhores condições de trabalho», realçando o facto do concelho reunir condições para receber o Comando Territorial da GNR do Algarve, protocolado em novembro de 2018, além da inauguração em 2017 das obras de adaptação do Posto Territorial de Salir, e em junho de 2019, do Subdestacamento de Quarteira.
 
Segundo o Tenente General, o Posto Territorial de Almancil, tem uma zona de ação de 62 km2, serve uma comunidade de 10 mil habitantes cuja população «aumenta exponencialmente nas épocas festivas e de Verão», sendo que os últimos 6 anos têm sido marcados por uma diminuição da atividade criminal registada, «através de uma ação policial que assenta na prevenção e proximidade».
 
«Dada sua a modernidade, funcionalidade e localização o novo Posto da GNR de Almancil, é servido de acessos fáceis para uma rápida intervenção, dentro e fora da Vila», salientou o graduado, indicando a necessidade de manter a aposta no reforço da proximidade ao cidadão, racionalização de recursos e na cooperação com todas as instituições e organismos de forma a continuar a ter «uma Guarda humana e próxima».
 
O presidente da Câmara de Loulé salientou por seu lado, que a inauguração do Posto da GNR de Almancil, será recordada como «um marco» na qualidade de vida da população da Freguesia, «e dos muitos louletanos que se orgulham do concelho que lhes oferece todas as condições para uma vida mais serena, justa e segura».
 
Manter os níveis de segurança em todo o concelho, é para Vítor Aleixo, «uma prioridade do executivo, quer se trate da Proteção Civil, Bombeiros, Polícia Marítima, INEM ou GNR, muitos foram os protocolos, acordos, colaborações e parcerias criados nos últimos anos, entre a autarquia e os diversos organismos ligados à segurança e proteção das pessoas e bens, traduzindo-se num avultado investimento e na construção de novas infraestruturas que fazem do Município um exemplo a nível regional e quiçá nacional».
 
 
O autarca agradeceu ao Ministro Eduardo Cabrita o último reforço de efetivos realizado no concelho de Loulé, «um percurso que foi iniciado mas que tem ainda algum caminho por fazer». A segurança é para o edil, um garante de um turismo robusto, para além das praias, monumentos, paisagens da tradição e da gastronomia, «a nossa imagem de marca é de um destino seguro, sereno onde os visitantes podem em qualquer época do ano desfrutar com confiança dos seus dias de repouso». O responsável autárquico lembrou ainda que em 2019, Portugal ganhou pelo terceiro ano consecutivo o galardão de melhor destino do mundo, nos World Travel Awards, tendo sido reeleito em junho do mesmo ano, como o melhor destino da Europa, em que o Algarve ganhou 5 prémios da Publituris.
 
Vítor Aleixo frisou que o Posto Territorial da GNR de Almancil funcionava desde 1991 numa moradia particular, sem condições dignas para acolher os seus efetivos, mas agora com o novo edifício, «os militares têm uma responsabilidade muito grande comprovando que em condições condignas podem e devem fazer a diferença».
 
Novo Posto da GNR de Almancil:
 
O Ministro Eduardo Cabrita, valorizou a parceria levada a cabo entre o Estado Central e o Poder Local na realização dos investimentos associados à GNR no concelho, inseridos na Lei de Programação de Investimento das Forças de Segurança aprovada na anterior Legislatura em 2017, tendo permitido não só no Algarve mas também no País, «realidades palpáveis que estão em desenvolvimento e que permitirão ter ao longo deste ano, mais de uma dezena de iniciativas semelhantes a esta e várias dezenas numa fase mais atrasada de lançamento de obra, realização de projetos de execução que permitirão nos próximos anos, concretizar instalações similares a Almancil a nível nacional».
 
O Governante frisou que este tipo de parcerias são eficazes pela proximidade que encerram, quer na resolução dos problemas, quer nos investimentos a concretizar, «tenho dito que a segurança é um elemento decisivo para a competitividade do país, que exige profissionais preparados, qualificados e motivados o que faz a diferença para os investidores, quando escolhem o destino de Portugal, mas também é um elemento essencial de garantia de um estado de direito democrático, e o garante da liberdade de coesão social e territorial bem como de garantia da qualidade de vida».
 
Eduardo Cabrita assinalou que o Concelho de Loulé «é muito especial pela percentagem muito significativa quer de turistas quer de residentes estrangeiros que aqui se fixaram, trabalham e que contribuem para esta dimensão cosmopolita do litoral ao interior. O que estamos a fazer aqui hoje vai ter situações semelhantes ainda este ano em Lagos, e desenvolveremos depois trabalhos para obter resultados em Aljezur, Monte Gordo, Olhos de Água - Albufeira ou em Monchique, para além da referência do Comando Territorial da GNR do Algarve».
 
Dos 400 militares que iniciaram funções recentemente, concluindo praticamente um ano de formação na Escola da Guarda em Portalegre, foram colocados 55 efetivos no Algarve, descontando algumas transferências de um total de 69, reforçando por exemplo o Posto de Almancil com 5 novos efetivos, no âmbito do Plano Plurianual de Admissões, através do Orçamento do Estado. Este Plano lançado pelo Ministério da Administração Interna, permitirá segundo o Ministro, recrutar cerca de 10 mil efetivos para as forças e serviços de segurança entre 2020 e 2023. Já este ano, está prevista a admissão de 2500 efetivos.
 
COMENTÁRIOS
 
PUB
 
MAIS LIDA ONTEM
Vídeo de duas lontras a "passearem" na Marina de Lagos torna-se viral

Vídeo de duas lontras a "passearem" na Marina de Lagos torna-se viral

ver mais
 
 
  
PUB
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
BE questiona Governo sobre descongelamento de progressões para os enfermeiros algarvios

BE questiona Governo sobre descongelamento de progressões para os enfermeiros algarvios

ver mais
 
Eurodeputada do PCP visita Algarve esta quinta e sexta-feira

Eurodeputada do PCP visita Algarve esta quinta e sexta-feira

ver mais
 
"Acordes na Aldeia" com o Jazz de Mario Delgado & Carlos Barretto

"Acordes na Aldeia" com o Jazz de Mario Delgado & Carlos Barretto

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio