Desporto

Providência cautelar interposta pelo Olhanense suspende subidas de Vizela e Arouca à II Liga

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) decidiu suspender as subidas de Vizela e Arouca à II Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que está a analisar a hipótese de interpor recurso.

 
“O Tribunal Arbitral do Desporto decidiu esta segunda-feira à noite decretar a providência cautelar de suspensão da eficácia da decisão de indicar para ascender à LigaPro, na época 2019/20, os clubes FC Vizela e FC Arouca”, refere a FFP em comunicado divulgado no seu sítio oficial.
 
A providência cautelar foi interposta pelo Olhanense, líder da Série D do Campeonato de Portugal à data da sua interrupção.
 
Segundo explica a FPF, a ação principal permanece em avaliação no TAD.
 
“A Federação Portuguesa de Futebol continua a defender o critério objetivo do mérito desportivo e as soluções que mais garantem a estabilidade e previsibilidade na organização das competições. A FPF irá analisar esta decisão e ponderar sobre soluções a adotar, incluindo a de interpor recurso desta decisão para o tribunal administrativo competente”, acrescenta.
 
A FPF decidiu, em maio, concluir de forma antecipada o Campeonato de Portugal, indicando para a promoção à II Liga Vizela e Arouca, os dois clubes com mais pontos à data da suspensão da prova, em março, devido à pandemia covid-19.
 
A pandemia de covid-19 obrigou a suspender as várias competições desportivas no país e por todo o mundo, estando as mesmas a ser atualmente retomadas de forma gradual.