Política

PS Olhão lamenta atitude do Presidente da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta

 
O Partido Socialista de Olhão critica a atitude do Presidente da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta, Manuel Carlos, para a qual diz não haver «enquadramento, nem nos piores cenários ou conjeturas políticas, de prepotência e carácter humano, numa situação inédita na democracia em Portugal».

Segundo explica o PS, em comunicado, na sequência da inauguração da nova lota da Fuseta, presidida pela secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, acompanhada pelo presidente do município, António Miguel Pina, em que foi descerrada a placa da obra, o Presidente da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta, apagou o nome do presidente da autarquia na referida placa, numa publicação na página de Facebook da União de Freguesias.
 
Para o partido socialista, apagar o nome do presidente da autarquia de uma placa inaugural, «é a procura contínua de conflito, tratando-se de um comportamento unilateral», lamentando o episódio.